Terça, 21 de agosto de 2018
63 98500 8112
Educação

04/08/2018 às 01h59

1.422

Redacao

Palmas / TO

Preparatório para o Enem oportuniza acesso ao ensino superior a mulheres privadas de liberdade
O Exame Nacional do Ensino Médio para pessoas privadas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa (Enem PPL) é realizado após o Enem regular e as provas são aplicadas dentro das unidades prisionais.
Preparatório para o Enem oportuniza acesso ao ensino superior a mulheres privadas de liberdade
O material composto por cinco volumes está sendo entregue a todos os alunos concluintes do ensino médio da rede estadual - (Fotos: Elias Oliveira / Governo do Tocantins)

As estudantes que cumprem pena na Unidade de Prisão Feminina de Palmas receberam, nesta sexta-feira, 3, o material pedagógico do programa #TOnoEnem, desenvolvido pelo Governo do Estado, que visa complementar a preparação dos alunos concluintes da rede estadual para o Exame Nacional do Ensino Médio. O material é composto por cinco volumes, contemplando as áreas do conhecimento de linguagens, ciências humanas, ciências da natureza, matemática e redação. Neste ano, os kits estão sendo distribuídos para cerca de 20 mil concluintes do ensino médio. 


Durante a entrega do material, a titular da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), Adriana Aguiar, destacou que o programa é um apoio para aquelas que veem no ensino superior uma esperança de serem reintegradas à sociedade. “Oferecer acesso à educação básica para todos é dever do Estado, mas queremos ir além e oportunizar a essas pessoas que estão privadas de liberdade a chance de buscar o ingresso na universidade, tendo melhores condições de trabalho ao retornar à sociedade”, frisou. 


Das 29 que estão estudando, 12 concluirão o ensino médio ainda neste semestre. A escola funciona nas dependências da unidade prisional, na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA). Uma das beneficiadas com o programa é a aluna K.P. de 19 anos, que vai concluir o ensino médio neste ano. “Vou me dedicar mais e recuperar o tempo que perdi, não levando meus estudos a sério quando estava lá fora. Agora, com esse kit, vamos ter mais chance de ter uma boa nota no Enem. Quero fazer faculdade de direito”, revelou, empolgada. 


A reeducanda C.L.S. é um exemplo de que nunca é tarde para voltar a estudar. Aos 52 anos ela está concluindo o ensino médio e planeja cursar fisioterapia. “Nós já aprendemos muito aqui na sala de aula. Eu parei de estudar por muitos anos e essa escola aqui foi a melhor coisa que podia acontecer. Para quem está aqui dentro, saber que existe essa oportunidade de continuar estudando, mesmo cumprindo pena, é um alívio. Meu plano é fazer faculdade e recomeçar a vida lá fora com dignidade. Quero dar orgulho para minha família e para aqueles que acreditam na minha capacidade de ser cada dia uma pessoa melhor”, relatou.


 


J.G. tem 29 anos e cursou todo o ensino médio na Unidade de Prisão Feminina. Agora, ela se dedica estudar para o Enem. “Terminei esse ano e já estou sentido falta das aulas. Não quero parar de estudar. Vou usar esse material para estudar para o Enem e pretendo fazer Administração”, contou. 


Educação prisional 


A Educação em Prisões no Tocantins é ofertada em parceria entre a Seduc e a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju). O Estado é o primeiro do ranking brasileiro em atendimento educacional a população privada de liberdade, atendendo cerca de 25%, conforme o relatório divulgado em 2017. 


“A ressocialização por meio da educação é o objetivo dessa parceria. Além de ser uma forma de remissão da pena, poder estudar, mesmo estando privado de liberdade, faz com essas pessoas tenham uma perspectiva de mudança de vida”, frisou o superintendente Estadual do Sistema Penitenciário e Prisional, Orleanes de Souza Alves. 


Enem PPL 


O Exame Nacional do Ensino Médio para pessoas privadas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa (Enem PPL) é realizado após o Enem regular e as provas são aplicadas dentro das unidades prisionais. Com a nota da prova, os candidatos podem requerer, judicialmente, o direito de ingressar no ensino superior. 


 


Veja mais notícias da região no Agência Tocantins

FONTE: Secom/Governo do TO

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
RAPIDINHAS
Postada em 06/08/2018 ás 07h33

Tocantins estado para onde muitas pessoas vieram na década dos anos 90, atrás de conseguir realizar seus sonhos e conseguir a tão sonhada casa própria e mudar de vida, em meio a um cerrado ainda sendo desbravado por nortistas, sulistas, nordestinos, pessoas vindas de todas as regiões do país, para uma terra que antes era conhecida como o corredor da miséria, pelos então moradores da região sul do Estado de Goiás.[

Terra essa, que durante alguns anos fora comandada por verdadeiros coronéis, que interromperam as realizações dos sonhos de diversos pioneiros que aqui acreditaram, é nesse pleito querem retornar ao poder no intuito de alimentar as suas ganâncias e realizar seus desejos individuais, estarão indo às ruas, batendo de porta em porta, na televisão, nos rádios e nas redes sociais para mais uma vez enganarem os sofridos pioneiros que no passado acreditara em suas promessas, que até hoje nunca ser responsabilizaram em cumprir e realmente trabalhar em prol de todos.

Postada em 03/08/2018 ás 12h19

Tudo está muito louco. Pré candidato que lutava contra a "velha política" e xingava os políticos tradicionais uniu-se a eles em nome de um projeto de poder.  O que também e pré-candidato o Juiz que criou a lei da ficha limpa para barrar políticos envolvidos em corrupção de participar do processo eleitoral se alia a esses políticos que ele tentou barrar. Vai enternder 

Postada em 31/07/2018 ás 17h35

O Bico do Papagaio é uma região bonita e rica, porém, sem investimento por parte do poder público para explorar suas potencialidades. Até o presente momento nossa região foi tratada apenas como um garimpo de votos, onde se vem extrai os votos e depois é esquecida pelos próximos quatro anos.

Precisamos de um representante que não veja o Bico do Papagaio somente como um lugar para angariar votos, mas que esses votos conseguidos aqui se transformem em benefícios para a Região.

Postada em 31/07/2018 ás 03h38

Conforme o Delegado responsável pelo caso,  o indivíduo é suspeito de ter mantido relações sexuais com a menor, mediante violência imprópria, isto é, após ter embriagado agarota de apenas 12 anos de idade.

Postada em 29/07/2018 ás 21h13

Dois carros bateram de frente na avenida Teotônio Segurado na manhã deste domingo (29). O acidente aconteceu ao lado do estádio Nilton Santos, no trecho onde a avenida tem pista única, próximo à ponte que dá acesso à região sul da capital. Conforme os bombeiros, um homem teve ferimentos mais graves e foi levado para o Hospital Geral de Palmas.

Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados - Agência Tocantins - Contatos: (63) 98500-8112 – Email: [email protected]