Terça, 22 de Setembro de 2020 13:44
63 98500-8112
Tecnologia INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

Governo do Tocantins aposta no uso de ferramentas tecnológicas para realizar formações durante a pandemia

As tecnologias utilizadas pela Educação são usadas na oferta de cursos de formação continuada, oficinas e acompanhamento psicológico de profissionais e estudantes

05/08/2020 08h32
173
Por: Alessandro Ferreira Fonte: SECOM / TO

Para se adaptar ao cenário da pandemia do novo Coronavírus, o Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), vem apostando no uso de Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDICs) para ofertar cursos, oficinas, atividades pedagógicas e desenvolver um programa de assistência psicológica. A Educação não para e, ao longo desse período, já realizou inúmeras atividades formativas que visam manter a atualização dos profissionais da Pasta e até mesmo assistir a esses profissionais durante esse período. 

“O uso das tecnologias reflete as modificações pelas quais a sociedade passa. A pandemia nos trouxe a demanda de novas estratégias de formação para os profissionais da Educação, considerando que o distanciamento social é uma necessidade do momento. O uso das tecnologias não é novidade para nós, mas precisamos pensar em arquiteturas pedagógicas apropriadas. E é fato que as tecnologias irão receber maior atenção no futuro próximo”, pontuou a titular da Seduc, Adriana Aguiar. 

Uma das apostas da Seduc foi a realização de seis cursos de Formação Inicial e Continuada gratuitos na modalidade de Educação a Distância (EaD), por meio do Programa Novos Caminhos/Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego). A iniciativa contemplou 360 cursistas tocantinenses com os seguintes cursos: Agente de Alimentação Escolar, Assistente Administrativo, Assistente de Secretaria Escolar, Auxiliar Pedagógico, Contador de Histórias e Cuidador de Idosos.

No início de julho, a Seduc abordou o processo, os desafios e as estratégias para a elaboração de material didático, em dois dias de oficina técnica. A proposta da oficina, que inicialmente era direcionada à comissão responsável pela elaboração do material didático para o Programa Pátria Amada Mirim (PAM), foi estendida a outros profissionais que atuam na Pasta e trabalham com a elaboração de materiais didáticos, somando-se quase 50 pessoas atendidas.

Antes do retorno das aulas não presenciais aos estudantes da 3ª série do ensino médio, no início da segunda quinzena de junho, a Seduc realizou formação para professores, gestores e técnicos da educação. Foram atendidos 2.563 professores, coordenadores pedagógicos e diretores das 291 unidades escolares que ofertam essa modalidade de ensino, assim como supervisores e assessores de currículo das 13 Diretorias Regionais de Educação (DREs). Neste mês de agosto, estão sendo formados mais 3.500 professores que atuam nas turmas das 1ª e 2ª séries do ensino médio.

Por meio do uso das tecnologias, 67 servidores da Seduc participaram do curso, Gestão e Fiscalização de Contratos no Âmbito da Administração Pública, promovido pela Controladoria-Geral do Estado (CGE), por meio da plataforma EaD, que abrange o Ambiente Virtual de Aprendizagem da Unidade Certificadora do Estado do Tocantins (Unicet). A ação teve o intuito de qualificar os profissionais que atuam como fiscais de contrato (de todos os setores administrativos, pedagógicos e de obras), assessores jurídicos e técnicos de setores afins.

Olhar Atento

Outra iniciativa da Seduc foi a implantação do Olhar Atento, programa de apoio e cuidado emocional para educadores e estudantes da rede estadual. A iniciativa busca oferecer apoio socioemocional a professores e alunos durante os diversos estágios da pandemia. O Olhar Atento disponibiliza diversos instrumentos, como os cursos certificados, on-line e 100% gratuitos, por meio de parceria com o Instituto Península, por intermédio do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed).

Os cursos serão ofertados na plataforma Vivescer e visam auxiliar os professores no equilíbrio de mente, corpo e emoções. Além disso, por meio de convênio firmado com a Universidade Federal do Tocantins (UFT), via Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários (Proex), a Seduc disponibilizará assistência psicológica a professores e estudantes da educação básica estadual, com o projeto Psicologia e Educação no enfrentamento do sofrimento psicossocial.

Na ocasião do lançamento do programa, foi realizada uma palestra on-line com o tema Competências Socioemocionais na Educação, que engajou servidores e estudantes de todo o Estado. A ação contou com a participação do neuropsicólogo e neurocientista Eduardo Shinyashik, que abordou a temática e destacou ações e atitudes necessárias para reforçar as competências socioemocionais no cotidiano, durante a pandemia, e fez reflexão sobre o comportamento em diversos espaços.

Dentro da proposta do Olhar Atento, a Seduc aderiu ao Programa Volta ao Novo, uma iniciativa do Instituto Ayrton Senna (IAS), em parceria com o Consed, que tem como foco a preparação de educadores e estudantes de todo o país para o retorno das aulas presenciais, programadas para começarem no mês de setembro. Dentro da proposta, foram pensadas ações a serem desenvolvidas durante e após a pandemia da Covid-19. Serão encontros virtuais com temáticas como Autogestão, Amabilidade e Engajamento com os outros.

Formação Continuada

A Seduc já está preparando o lançamento do segundo módulo dos Cursos de Formação Continuada direcionados aos diretores escolares, orientadores, coordenadores pedagógicos, técnicos das DREs e professores da rede estadual de ensino. Cada módulo tem 32 horas de duração e conta com 11.568 profissionais cadastrados. Esta etapa irá trazer discussões sobre a introdução das competências socioemocionais no trabalho da gestão e dos professores, da ressignificação da avaliação no ambiente escolar, do trabalho com o projeto de vida integrado ao currículo, dentre outros.

Em regime de colaboração com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), a Seduc também passou a ofertar Cursos de Formação Continuada direcionados a profissionais do magistério das redes municipais de ensino. Ao todo, estão sendo ofertados cinco cursos com 60 horas cada. Foram abertas 12 mil vagas para os professores dos 139 municípios que queiram participar.

Os cursos ofertados aos municípios são: Gestão Escolar: (re)fazer a partir do Documento Curricular do Tocantins (DCT)/ Base Nacional Comum Curricular (BNCC) – 1.000 vagas; Educação Básica: (re)pensando o currículo a partir do Documento Curricular do Tocantins (DCT)/ Base Nacional Comum Curricular (BNCC) – Ensino Fundamental I (EFI) – 2.000 vagas; Educação Básica: (re)pensando o currículo a partir do Documento Curricular do Tocantins (DCT)/ Base Nacional Comum Curricular (BNCC) – Ensino Fundamental II (EFII) – 1.000 vagas; Recursos Educacionais Digitais no trabalho escolar – 3.000 vagas; Educação Infantil: organização e currículo a partir da BNCC/DCT – 5.000 vagas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Palmas - TO
Atualizado às 13h32 - Fonte: Climatempo
33°
Nuvens esparsas

Mín. 24° Máx. 33°

36° Sensação
15 km/h Vento
47% Umidade do ar
90% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (23/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 37°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quinta (24/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 38°

Sol com algumas nuvens