Quarta, 23 de janeiro de 2019
63 98500 8112
Estado

15/10/2018 às 14h08 - atualizada em 15/10/2018 às 20h18

3.158

Alessandro Ferreira | Redação

PALMAS / TO

Etapa do projeto academia itinerante da Polícia Civil inicia com solenidade em Palmas
O Projeto Academia Itinerante está em seu segundo ano de vigência e propõe o aperfeiçoamento intelectual e operacional dos policiais civis.
Etapa do projeto academia itinerante da Polícia Civil inicia com solenidade em Palmas
Solenidade abre etapa Palmas da Academia Itinerante da Polícia Civil - FOTO Dennis Tavares

O Projeto Academia Itinerante da Polícia Civil do Estado do Tocantins deu inicio, na manhã desta segunda-feira, 15, à etapa de aperfeiçoamento de policiais civis realizada em Palmas. As boas-vindas aos 180 participantes dos cursos que serão ministrados até 27 de outubro foram dadas pelo diretor da Academia de Polícia Civil, delegado Marcelo Santos Falcão Queiroz, e pelo subsecretário de Estado da Segurança Pública, delegado Wlademir Costa Mota Oliveira.


Em seu pronunciamento, o anfitrião do evento, Marcelo Falcão, destacou o papel do policial civil em seu ímpeto pelo aprimoramento e busca de novos conhecimentos: “a vontade de aperfeiçoar-se é o sentimento que une os alunos aqui presentes, oriundos de vários municípios do estado”, frisou, agradecendo ao quadro de professores, pela sua voluntariedade, e à nova gestão da Segurança Pública estadual, pelo comprometimento e esforços para que o projeto avançasse ainda em 2018.


Nas palavras do subsecretário da Instituição, delegado Wlademir Costa, representando no ato, o secretário Fernando Ubaldo Monteiro Barbosa, a valorização da pessoa do policial civil é o grande foco da atual gestão da Segurança Pública, que vai “lutar pela continuidade das ações de um Projeto desempenhado com brilhantismo pela Diretoria da Acadepol”. O gestor, ainda, deixou um eloqüente recado aos alunos da Academia: “que se faça com muito amor este curso, pois, só assim, resultados excelentes poderão ser alcançados”, concluiu.  


Ao final da cerimônia, foram ministradas as primeiras aulas da Turma XIV do curso de aperfeiçoamento “Academia Itinerante 2018”, que se finalizam em 20 de outubro. Em seguida (22/10), a Turma XV inicia suas atividades até 27 de outubro.


Todas as 180 vagas ofertadas a policiais civis em Palmas, Paraíso do Tocantins, Porto Nacional, Arraias, Alvorada, Araguatins, Tocantinópolis, Pedro Afonso e Araguatins foram preenchidas, sendo 120 delas destinadas aos cargos de delegado, escrivão e agente de Polícia Civil, e 60 para peritos oficiais, papiloscopistas e agentes de necrotomia.


Os alunos serão capacitados em áreas técnicas específicas de cada cargo, além de obterem uma visão moderna da Polícia Civil e o aprimoramento das atividades investigativas e operacionais, implementadas estas últimas por integrantes do Grupo de Operações Táticas Especiais – GOTE, do órgão de segurança.


O Projeto Academia Itinerante está em seu segundo ano de vigência e propõe o aperfeiçoamento intelectual e operacional dos policiais civis, especialmente para atuarem com eficácia e eficiência no desempenho das atribuições de polícia judiciária e de investigação de infrações penais.


 


Veja mais notícias da região no Agência Tocantins 

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
RAPIDINHAS
Postada em 17/01/2019 ás 15h53

A pergunta que se faz na capital é: quem é mesmo o governador do Tocantins?. Com o protagonismo exacerbado de Wanderlei Barbosa, Mauro Carlesse foi jogado ao ostracismo, lembrado apenas quando ocorre as  inúmeras trapalhadas do governo, onde o povo cai em cima dele com todo tipo de adjetivos, quando, na verdade, o governador de fato é Wanderlei Barbosa. Carlesse é o dono da caneta, mas só escreve o que é ditado por Wanderlei.

Keops Mota

Postada em 31/12/2018 ás 16h00

019 está chegando, e com ele vem também a incerteza de um governo que começou errado (pau que nasce torto nunca se endireita, já disse "cumpade" Washington) com tentativas de obstrução de justiça, aparelhamentos, escândalos e investigações, o que pode tirar do tocantinense a esperança de um ano feliz.

O cenário que se desenha com o governo carlesse é tenebroso, nada auspicioso. Podemos estar entrando (Deus permita que não) no pior momento de nossa história. O viés autoritário desse governo pode se elevar à níveis assustadores. Não tenha isso como um escrito de quem torce pelo pior, mas de um tocantinense preocupado com o futuro. Deus nos proteja.

Postada em 23/12/2018 ás 00h49

O Natal está chegando, e que com ele também venham a união, a paz, a alegria e o gozo de estarmos reunidos com nossa família comemorando o nascimento do maior homem da história: Cristo. Que cada pessoa  deixar brotar em seu coração a semente da paz, plantada pelo ilustre aniversariante. Boas festas. São os votos de: 

 

Keops Mota/Corespondente Agência Tocantins

Postada em 24/11/2018 ás 14h37

A coisa está ficando insustentável. Com o governo sofrendo investigações e seus aliados envolvidos em escândalos que vai de depósito ilegal de resíduos hospitalares à apologia à pedófilia, a única saída possível e honrosa diante de tanto descalabro, que só tende a aumentar, é a cassação.

Não podemos estar sob as ordens de um governo que está moralmente abaixo de nós. As denúncias de obstrução de Justiça, concessão de contrato sem licitação para uma empresa da família de um aliado que culminou em um crime ambiental e denúncia por supostos crimes eleitorais já são fatos suficientes para que não tenhamos esse governo como legítimo.

 

Keops Mota

Postada em 08/11/2018 ás 12h55

Carlesse mente

Mauro valesse queria apenas poder sobre os bois e idiotas do Tocantins.

Depois de eleito Mauro Carlesse se tornou soberbo e arrogante e recebe apenas pessoas ligadas ao agrobusiness.

Valesse não é aquele homem humilde e correto que imaginávamos,Ele é um lobo branco disfarçado de ovelha e ao que parece será bem pior que Marcelo Miranda e não vai se sustentar no poder.

Mauro Carlesse prometeu defender e respeitar os funcionários públicos perseguidos e humilhados por Marcelo Miranda,e quando chegou ao poder virou as costas para os humildes e dá ouvidos apenas a deputados que compraram votos por 500 mil.

Mauro Carlesse nada faz pela segurança falida do Tocantins e virou suas costas largas para a saúde ferida dos tocantinenses.

Mauro Carlesse ficou neutro surdo burro e mudo quanto a Bolsonaro,e agora quer ser beneficiado.Quem é Mauro Carlesse? AINDA SABEREMOS.

Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados - Agência Tocantins - Contatos: (63) 98500-8112 – Email: [email protected]