Saturday, 16 de October de 2021
29°

Poucas nuvens

Palmas - TO

Especiais DESTAQUE MUNDIAL

Iniciativa do Governo do Tocantins para segurança viária ganha destaque em site do Banco Mundial

Ação promovida por técnicos da Ageto garantiu a colaboração da comunidade de Palmerópolis no aperfeiçoamento do projeto de segurança viária da rodovia TO-141.

05/03/2021 às 20h12
Por: Redação
Compartilhe:
A iniciativa piloto será utilizada como modelo de sucesso.
A iniciativa piloto será utilizada como modelo de sucesso.

O município de Palmerópolis, localizado na região sul do Estado, está tendo o futuro da segurança viária traçado, de acordo com uma notícia publicada no site The World Bank, do Banco Mundial, após uma iniciativa do Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Transporte e Obras (Ageto), em promover a participação popular com o uso de tecnologias da comunicação.

A ação, destaque na matéria, ocorreu em agosto de 2020. O objetivo era garantir a participação da população local no aprimoramento do Projeto de Segurança Viária da TO-141, especificamente do trecho  de 700 metros que atravessa o perímetro urbano daquela cidade . A previsão inicial era de que a comunidade participasse de uma consulta presencial, mas devido às medidas de distanciamento para evitar o contágio pelo novo coronavírus, foi necessário o uso de tecnologias da comunicação, para garantir a colaboração da comunidade de Palmerópolis.

“Em visita ao trecho que corta o perímetro urbano da cidade, vimos que as casas estavam muito próximas da rodovia e o tráfego poderia implicar em risco de acidente. Daí foi sugerido ouvir a comunidade local para saber se o que estava previsto no projeto inicial era suficiente para garantir segurança aos moradores vizinhos à rodovia, bem como para abrir canais de comunicação para receber contribuições”, explica o diretor de Viabilidade Ambiental da Ageto, Rômulo Jácome Mascarenhas.

O diretor da Ageto, Rômulo Mascarenhas, diz ainda que foi necessário apresentar à sociedade de Palmerópolis o que estava contemplado no projeto inicial. A apresentação do projeto aconteceu ao vivo nas plataformas oficiais do Estado, transmitida por meio do YouTube e Facebook.  Essa apresentação ficou disponível nessas plataformas por mais de 20 dias, sendo incluída em outros plataformas de comunicação para visualização. Depois disso, foram disponibilizados mais canais de comunicação, de forma a poder receber o máximo de contribuições da comunidade de Palmerópolis, como um número de WhatsApp.

A iniciativa resultou em 16 contribuições da comunidade ao projeto inicial, que já contemplava uso de lombadas, áreas de cruzamento e sinalização. Uma das sugestões incluídas no projeto, após a consulta pública, foi a construção de 700 metros de calçada.

A secretária da Infraestrutura e presidente da Ageto, Juliana Passarin, diz que a experiência se tornou uma referência, pela forma como foi conduzida e o resultado no projeto. “A participação popular contribui para a tomada de consciência dos usuários da via sobre a importância dos dispositivos de segurança viária e da obediência à sinalização de trânsito, que são colocados nas rodovias com um propósito: reduzir acidentes, ou seja, salvar vidas”, acrescentou a secretária.

Quem desejar pode ler a matéria na íntegra clicando no link. (https://www.worldbank.org/pt/news/feature/2021/02/09/brazil-tocantins-road-safety-consultations-citizens-transport)

Obra

A obra de pavimentação asfáltica da rodovia TO-141, com extensão de 26,25 km, foi iniciada no perímetro urbano do município de Palmeirópolis até a divisa do estado de Goiás, onde se conecta com a rodovia GO-132.

A pavimentação da TO-141 faz parte do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS), contemplada com recursos financeiros do Banco Mundial. Esta obra é de responsabilidade da Ageto e está sendo executada pelo Consórcio Caiapó/Milão/DBO, vencedor do processo licitatório.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.