DEIXARAM A CADEIA

Vereadores presos na operação contra fraudes em licitações em Porto Nacional são liberados pela justiça

A informação foi confirmada a redação do Portal de Notícias Agência Tocantins, no inicio da noite de hoje pelo delegado responsável pelo caso.

31/12/2018 21h46Atualizado há 5 meses
Por: Alessandro Ferreira | Redação
1.170
Jornal Porto Mídia/Divulgação
Jornal Porto Mídia/Divulgação

Os vereadores de Porto Nacional presos nas investigações da operação Poker Face da Polícia Civil, deixaram a prisão no início da noite dessa segunda-feira (31). A informação foi confirmada a redação do Portal de Notícias Agência Tocantins, no inicio da noite de hoje pelo delegado responsável pelo caso. Outros dois investigados foram soltos no último dia 27 de dezembro.

O delegado Ricardo Porto esclareceu que todos "foram liberados porque contribuíram com as investigações e a prisão não era mais interessante". Disse ainda que o próximo passo é analisar os materiais encontrados nas buscas e ouvir testemunhas.

Segundo a polícia, os vereadores Adael Oliveira Guimarães (PSDB), Emivaldo Pires de Souza (PTB), Jean Carlos da Silva (PV), o secretário Geylson Neres Gomes (MDB) foram soutos por determinação da juíza substituta MM. Emanuela da Cunha Gomes, através do Alvará de Soltura, expedido no fim da tarde desta segunda-feira.

Confira abaixo o alvará de soltura 

Alvará de Soltura

Entenda o caso

Três vereadores e o secretário municipal de governo de Porto Nacional, cidade a 66 km de Palmas, foram presos na última quinta-feria (27), em uma operação contra fraudes em licitações da câmara municipal. Porto Nacional fica na região central do estado. A Câmara de Vereadores é composta por 13 parlamentares.

A polícia informou que também cumpriu mandados de prisão contra um ex-vereador que teve o mandato cassado; dois servidores da Câmara, além de um empresário do ramo de informática.

A defesa dos parlamentares informou que por enquanto não irá se manifestar porque não teve acesso ao processo. A assessoria de imprensa da Câmara de Vereadores informou que hoje seria realizada uma sessão extraordinária para votação da Lei Orçamentária Anual (LOA), mas que por causa da operação, foi adiada. Informou ainda que posteriormente irá se posicionar sobre a operação.

A prefeitura informou que a operação investiga a Câmara de Vereadores de Porto Nacional e não diz respeito à Prefeitura e que Geylson Neres é investigado por sua atuação como vereador e não como secretário.

Ao todo são cumpridos nove mandados de prisão na operação. Destes, oito pessoas já foram presas. A Polícia Civil faz buscas para prender um ex-vereador, que também já foi secretário municipal.

Também são cumpridos oito mandados de busca e apreensão em Porto Nacional e em Palmas. A operação é um desdobramento da Negócio de Família, deflagrada pela Polícia Civil no dia 17 deste mês e que começou a investigar o crime de fraude em licitação na Câmara de Vereadores.

Segundo a polícia, a operação recebeu esse nome porque o suposto esquema teria envolvido três pessoas da mesma família e um amigo. O grupo teria desviado cerca de R$ 700 mil.

Na época da operação, o delegado Wagner Siqueira explicou que o grupo é suspeito de montar empresas para concorrer em processo licitatório na Câmara.

“O grupo possuía quatro empresas com o objetivo supostamente de fraudar o caráter competitivo, participando das licitações de equipamentos de informática e de telefonia. Na ocasião, eles provavelmente combinavam os preços para sagrar-se vencedores nas licitações”, afirmou o delegado.

 

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do Agência Tocantins no (63) 9 8500-8112

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Porto NacionalPorto Nacional - TO Notícias de Porto Nacional
Palmas - TO
Atualizado às 13h03
31°
Poucas nuvens Máxima: 34° - Mínima: 19°
31°

Sensação

19 km/h

Vento

38.8%

Umidade

Fonte: Climatempo
G&H CLEAN – SERVIÇOS DE LIMPEZA
BANNER CAMPANHA ARRAIÁ DA AMIZADE 2019
Municípios
CAMPANHA PRESENÇA DIGITAL WEB- 1
Últimas notícias
Mais lidas