Quarta, 23 de janeiro de 2019
63 98500 8112
Brasil

05/01/2019 às 10h20

254

Perla Guimarães

Palmas / TO

Estudo mostra que a prática regular de atividades religiosas pode reduzir o risco de morte em 30%
Conheça casos reais de mulheres que se tornaram mães graças a Deus – a fé cura?
Estudo mostra que a prática regular de atividades religiosas pode reduzir o risco de morte em 30%
Divulgação

Será que a fé pode realmente ajudar no tratamento de inúmeros problemas de saúde? Muitos especialistas defendem que a crença no próprio tratamento é parte essencial na recuperação de uma pessoa.


Em reportagem ao programa Bem Estar, a pediatra Ana Escobar e o oncologista Fernando Maluf afirmaram que a fé é uma grande aliada da saúde, pode contribuir para a imunidade, melhora a resposta em tratamentos altamente invasivos como é o caso da quimioterapia e pode ser fator essencial na cura de males como a depressão.


Fé cura – comprovado pela ciência?


Em trabalho realizado pelo Instituto Pazzanese, reunindo 250 artigos de todo mundo, foi mostrado que a prática regular de atividades religiosas pode reduzir o risco de morte em 30%.


Este estudo também apontou que a religião pode contribuir intimamente para a redução da carga viral em pacientes com HIV, assim como também pode reduzir a incidência de mortes por AVC e problemas cardíacos.


Para que a fé de fato beneficie nos tratamentos, é indicado que a pessoa não 'se entregue' diante de um diagnóstico e que seja otimista quanto à própria recuperação, mesmo em momentos adversos.


Mulheres que alcançaram o sonho de ser mãe pela fé


A cantora evangélica Fernanda Brum afirma que os dois filhos são frutos de fé e muita oração. Sofreu no total quatro abortos espontâneos e quando engravidou dos filhos Isaque e Laura, tinha muito medo de perder as crianças e sofrer tudo novamente. O que deu forças à cantora foi a fé e muitas orações, dela e de pessoas próximas a ela.


No cotidiano muitas mulheres passam pela mesma situação da busca pelo sonho de ser mãe, como aconteceu com Élida Balero, 36, mãe da Ana Clara, 3. Foram oito anos de tentativas para engravidar. Élida sofria de ovários policísticos e procurou tratamento com mais de um especialista. Quando estava com uma suspeita de endometriose, descobriu que estava grávida:


"Depois de oito anos de tentativas, realizei finalmente o sonho de ser mãe. Acredito que o que me manteve na esperança foi minha fé em Deus".


Um dos portais especialistas em informações para mulheres que desejam engravidar, Trocando Fraldas, publicou entrevista com uma das internautas, Lidyane Melo, 24, que em idade fértil, tentou por três anos engravidar.


Ela e o marido se submeteram a vários exames. Em março deste ano, Lidyane se submeteu ao exame conhecido como laparoscopia e foram descobertos focos de endometriose, após a retirada de sangue acumulado, todo o procedimento foi considerado um sucesso.


Na tentativa pelo sonho da maternidade, Lidyane enfrentou muitas frustrações por conta da expectativa pela gestação, mas não desistiu e atribui a Deus a tão esperada gravidez: "Deus falava comigo: tenha calma, está tudo sendo encaminhado por minha vontade".


Essas pessoas famosas e desconhecidas em comum têm a fé de que não importa o problema, mas transportarão os montes para o meio dos mares e alcançarão a graça do milagre. Você acredita que a fé tem poder?


 


Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do Agência Tocantins no (63) 9 8500-8112

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Saúde do Corpo

Saúde do Corpo

Blog/coluna Perla Viviane Guimarães
RAPIDINHAS
Postada em 17/01/2019 ás 15h53

A pergunta que se faz na capital é: quem é mesmo o governador do Tocantins?. Com o protagonismo exacerbado de Wanderlei Barbosa, Mauro Carlesse foi jogado ao ostracismo, lembrado apenas quando ocorre as  inúmeras trapalhadas do governo, onde o povo cai em cima dele com todo tipo de adjetivos, quando, na verdade, o governador de fato é Wanderlei Barbosa. Carlesse é o dono da caneta, mas só escreve o que é ditado por Wanderlei.

Keops Mota

Postada em 31/12/2018 ás 16h00

019 está chegando, e com ele vem também a incerteza de um governo que começou errado (pau que nasce torto nunca se endireita, já disse "cumpade" Washington) com tentativas de obstrução de justiça, aparelhamentos, escândalos e investigações, o que pode tirar do tocantinense a esperança de um ano feliz.

O cenário que se desenha com o governo carlesse é tenebroso, nada auspicioso. Podemos estar entrando (Deus permita que não) no pior momento de nossa história. O viés autoritário desse governo pode se elevar à níveis assustadores. Não tenha isso como um escrito de quem torce pelo pior, mas de um tocantinense preocupado com o futuro. Deus nos proteja.

Postada em 23/12/2018 ás 00h49

O Natal está chegando, e que com ele também venham a união, a paz, a alegria e o gozo de estarmos reunidos com nossa família comemorando o nascimento do maior homem da história: Cristo. Que cada pessoa  deixar brotar em seu coração a semente da paz, plantada pelo ilustre aniversariante. Boas festas. São os votos de: 

 

Keops Mota/Corespondente Agência Tocantins

Postada em 24/11/2018 ás 14h37

A coisa está ficando insustentável. Com o governo sofrendo investigações e seus aliados envolvidos em escândalos que vai de depósito ilegal de resíduos hospitalares à apologia à pedófilia, a única saída possível e honrosa diante de tanto descalabro, que só tende a aumentar, é a cassação.

Não podemos estar sob as ordens de um governo que está moralmente abaixo de nós. As denúncias de obstrução de Justiça, concessão de contrato sem licitação para uma empresa da família de um aliado que culminou em um crime ambiental e denúncia por supostos crimes eleitorais já são fatos suficientes para que não tenhamos esse governo como legítimo.

 

Keops Mota

Postada em 08/11/2018 ás 12h55

Carlesse mente

Mauro valesse queria apenas poder sobre os bois e idiotas do Tocantins.

Depois de eleito Mauro Carlesse se tornou soberbo e arrogante e recebe apenas pessoas ligadas ao agrobusiness.

Valesse não é aquele homem humilde e correto que imaginávamos,Ele é um lobo branco disfarçado de ovelha e ao que parece será bem pior que Marcelo Miranda e não vai se sustentar no poder.

Mauro Carlesse prometeu defender e respeitar os funcionários públicos perseguidos e humilhados por Marcelo Miranda,e quando chegou ao poder virou as costas para os humildes e dá ouvidos apenas a deputados que compraram votos por 500 mil.

Mauro Carlesse nada faz pela segurança falida do Tocantins e virou suas costas largas para a saúde ferida dos tocantinenses.

Mauro Carlesse ficou neutro surdo burro e mudo quanto a Bolsonaro,e agora quer ser beneficiado.Quem é Mauro Carlesse? AINDA SABEREMOS.

Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados - Agência Tocantins - Contatos: (63) 98500-8112 – Email: [email protected]