VIOLÊNCIA SEXUAL

Mãe vai à polícia e denuncia estupro das filhas menores de idade

O caso foi registrado como estupro de vulnerável e um inquérito deverá ser instaurado.

06/01/2019 23h46Atualizado há 6 meses
Por: Alessandro Ferreira
4.978
Imagem Ilustrativa - Divulgação/Agência Tocantins
Imagem Ilustrativa - Divulgação/Agência Tocantins

Uma dona de casa de 33 anos registrou um boletim de ocorrência na última sexta-feira (04) em Palmas (TO), em que acusa o padrinho de dois dos seus filhos de estuprar suas três filhas menores de idade, as vítimas tem 8, 11 e 13 anos. Segundo a mulher, na noite de sexta-feira 1º de janeiro, sua filha V.F.S. de 8 anos estava na casa da sua avó, na região sul de Palmas, momentos que a avó da criança  saiu para fumar um cigarro, o acusado se aproveitou da ausência da avó da criança e levou a mesma para dentro de um dos quartos da residência onde praticou o abuso.

Ao retornar à sala da casa, a avó da vítima sentiu falta da criança e do acusado e saiu a procura, localizando o suspeito dentro de um dos quartos da residência junto a menor. Ao abrir a porta do quarto, a criança esboçou reação de espanto, diante da situação, o homem identificado como Luciano Nonato deixou o local apresentando nervosismo.

No dia seguinte, a pretensa vítima já na casa de sua genitora, localizada também na região sul de Palmas contou a um tio o que havia acontecido, diante da confissão, o tio da criança que também já havia desconfiado das atitudes do homem que frequentava a casa da família há mais de 20 anos, contou à genitora da criança. Diante da situação, a dona de casa chamou suas outras duas filhas, também menores, de G. S. A de 11 e V. E. S. G de 13 anos de idade e relatou o fato que havia acontecido com a irmã mais nova, em seguida as meninas relataram que o homem também teria abusado sexualmente das mesmas, fato este, que já vinha acontecendo há muito tempo, e que elas não contavam devido as ameaças que o mesmo fazia a ambas.

Diante da confissão das filhas, a mulher juntamente com o tio e o pai da criança procurou a  5º Delegacia de Polícia em Taquaralto, onde foi registrado o boletim de ocorrência Nº 001017/2019.

O caso foi registrado como estupro de vulnerável e um inquérito deverá ser instaurado.

Na Delegacia, as crianças contaram que o suspeito abordava elas e oferecia dinheiro para elas manterem relação sexual com ele.  A jovem de 13 anos contou que foi obrigada a manter relações sexuais com o homem, várias vezes sob ameaças de morte.

As estudantes passaram por exames no Instituto Médico Legal (IML) de Palmas. As vítimas seguem recebendo apoio psicológico. O suspeito foi apontado pela mãe e pelas vítimas à polícia. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente de Palmas - DECA.

 

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do Agência Tocantins no (63) 9 8500-8112

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
PalmasPalmas - TO Notícias de Palmas
Palmas - TO
Atualizado às 11h40
31°
Alguma nebulosidade Máxima: 36° - Mínima: 19°
31°

Sensação

7 km/h

Vento

36%

Umidade

Fonte: Climatempo
G&H CLEAN – SERVIÇOS DE LIMPEZA
CAMPANHA PRESENÇA DIGITAL WEB- 1
Municípios
BANNER MARRONY
Últimas notícias
Mais lidas