Quarta, 23 de janeiro de 2019
63 98500 8112
Polícia

13/01/2019 às 11h05 - atualizada em 13/01/2019 às 11h11

954

Redação

Palmas / TO

Homem que confessou atirar em prefeito diz ter achado que vítima era estuprador
Gustavo Araújo da Silva disse a Polícia Civil que foi enganado pelo empresário que o contratou para o serviço. O homem afirma que só descobriu que se tratava do prefeito quando viu a notícia.
Homem que confessou atirar em prefeito diz ter achado que vítima era estuprador
Gustavo Araújo da Silva foi preso suspeito de ser o executor do crime — Foto: Divulgação/Polícia Civil

O jovem Gustavo Araújo da Silva, que confessou ter atirado no prefeito de Novo Acordo Elson Lino Aguiar (MDB), disse durante o depoimento à Polícia Civil que não sabia quem a vítima era. O suspeito alega ter sido enganado pelo empresário Paulo Henrique Sousa, que é apontado como responsável pela contratação de um pistoleiro para o crime. Araújo disse ter recebido de Sousa a informação de que o alvo do atentado era um estuprador.


Gustavo afirma que durante todo o planejamento do crime ele acreditou que estava sendo contratado pelo pai de uma vítima de estupro em busca de vingança. Ele só teria descoberto que se tratava do prefeito da cidade, quando viu as notícias sobre o caso.


Ainda no depoimento, o atirador afirma que ficou horas aguardando do lado de fora da casa do prefeito porque viu que havia duas mulheres no local e não queria agir até que o alvo estivesse sozinho. Disse ainda que a arma usada no crime era de Paulo Henrique e seria devolvida após a execução.


Gustavo diz não ter tido contato com o vice-prefeito da cidade, Leto Moura Leitão Filho (PR), apontado como mandante. No próprio depoimento, Paulo Henrique confessou ter agido a mando do vice e disse que os políticos se desentenderam por causa da divisão de propinas vindas de fraudes na prefeitura.


O crime


O prefeito de Novo Acordo, Elson Lino de Aguiar (MDB), de 59 anos, foi baleado na cabeça ao sofrer o atentado na tarde desta quarta. A família informou que o ele estava sozinho dentro de casa quando tudo aconteceu.


O imóvel não é murado e a porta da sala estava destrancada. O atirador entrou e abriu fogo contra o prefeito dentro do quarto dele. O gestor conseguiu chegar até a parte de fora, onde pediu socorro.


Outro lado


O vice-prefeito negou qualquer participação no crime na saída da delegacia. "Sou inocente. não mandei matar ninguém. Dotozin é meu amigo", afirmou Leitão.


Já o advogado do prefeito Elson Aguiar repudiou a acusação de envolvimento em um esquema de propina na cidade.


"O atual prefeito jamais permitiu qualquer tipo de ato ilícito durante o seu mandato, inclusive, nunca permitiu que se efetivasse qualquer pagamento a fornecedor sem processo licitatório devidamente formalizado", diz nota enviada pela defesa.


Os outros dois citados não quiseram falar com jornalistas.


O empresário Paulo Henrique Sousa é investigado por intermediar o crime — Foto: Divulgação/Polícia Civil


 


 


Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do Agência Tocantins no (63) 9 8500-8112

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
RAPIDINHAS
Postada em 17/01/2019 ás 15h53

A pergunta que se faz na capital é: quem é mesmo o governador do Tocantins?. Com o protagonismo exacerbado de Wanderlei Barbosa, Mauro Carlesse foi jogado ao ostracismo, lembrado apenas quando ocorre as  inúmeras trapalhadas do governo, onde o povo cai em cima dele com todo tipo de adjetivos, quando, na verdade, o governador de fato é Wanderlei Barbosa. Carlesse é o dono da caneta, mas só escreve o que é ditado por Wanderlei.

Keops Mota

Postada em 31/12/2018 ás 16h00

019 está chegando, e com ele vem também a incerteza de um governo que começou errado (pau que nasce torto nunca se endireita, já disse "cumpade" Washington) com tentativas de obstrução de justiça, aparelhamentos, escândalos e investigações, o que pode tirar do tocantinense a esperança de um ano feliz.

O cenário que se desenha com o governo carlesse é tenebroso, nada auspicioso. Podemos estar entrando (Deus permita que não) no pior momento de nossa história. O viés autoritário desse governo pode se elevar à níveis assustadores. Não tenha isso como um escrito de quem torce pelo pior, mas de um tocantinense preocupado com o futuro. Deus nos proteja.

Postada em 23/12/2018 ás 00h49

O Natal está chegando, e que com ele também venham a união, a paz, a alegria e o gozo de estarmos reunidos com nossa família comemorando o nascimento do maior homem da história: Cristo. Que cada pessoa  deixar brotar em seu coração a semente da paz, plantada pelo ilustre aniversariante. Boas festas. São os votos de: 

 

Keops Mota/Corespondente Agência Tocantins

Postada em 24/11/2018 ás 14h37

A coisa está ficando insustentável. Com o governo sofrendo investigações e seus aliados envolvidos em escândalos que vai de depósito ilegal de resíduos hospitalares à apologia à pedófilia, a única saída possível e honrosa diante de tanto descalabro, que só tende a aumentar, é a cassação.

Não podemos estar sob as ordens de um governo que está moralmente abaixo de nós. As denúncias de obstrução de Justiça, concessão de contrato sem licitação para uma empresa da família de um aliado que culminou em um crime ambiental e denúncia por supostos crimes eleitorais já são fatos suficientes para que não tenhamos esse governo como legítimo.

 

Keops Mota

Postada em 08/11/2018 ás 12h55

Carlesse mente

Mauro valesse queria apenas poder sobre os bois e idiotas do Tocantins.

Depois de eleito Mauro Carlesse se tornou soberbo e arrogante e recebe apenas pessoas ligadas ao agrobusiness.

Valesse não é aquele homem humilde e correto que imaginávamos,Ele é um lobo branco disfarçado de ovelha e ao que parece será bem pior que Marcelo Miranda e não vai se sustentar no poder.

Mauro Carlesse prometeu defender e respeitar os funcionários públicos perseguidos e humilhados por Marcelo Miranda,e quando chegou ao poder virou as costas para os humildes e dá ouvidos apenas a deputados que compraram votos por 500 mil.

Mauro Carlesse nada faz pela segurança falida do Tocantins e virou suas costas largas para a saúde ferida dos tocantinenses.

Mauro Carlesse ficou neutro surdo burro e mudo quanto a Bolsonaro,e agora quer ser beneficiado.Quem é Mauro Carlesse? AINDA SABEREMOS.

Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados - Agência Tocantins - Contatos: (63) 98500-8112 – Email: [email protected]