Opinião

Mais uma morte em Hospitais Regionais. O Estado do Tocantins está se tornando um eugenista

O Ambrósio é a voz dos indignados, que as vezes por medo ou falta de informação do que acontece dentro do Estado não se rebelam. Espero, do fundo meu coração, não ouvir mais notícias de mortes de crianças por falta de médicos ou ambulância.

13/01/2019 14h48Atualizado há 5 meses
Por:
2.776
Fachada do Hospital Regional de Dianópolis - Foto: Divulgação
Fachada do Hospital Regional de Dianópolis - Foto: Divulgação

Mais uma criança, mais uma vida que foi ceifada pela incompetência do Estado. O genocídio de nossas crianças promovido pelo Governo do Tocantins não pode ser ignorado, fingir que nada aconteceu, não podemos deixar as mortes nos hospitais serem banalizadas, não se pode ter como normal os crime de assassinato do Estado. Hoje me chegou um vídeo de um homem identificado como Ambrósio Fernandes, que indignado com a morte de uma adolescente de treze anos faz um apelo ao “dono da caneta”, foi assim que se referiu ao governador Mauro Carlesse. O “dono da caneta” escreve com tinta vermelha os rumos do Tocantins, vermelho de sangue.

O “dono da caneta” falou, mas não escreveu em seus atos governamentais sobre a estabilidade que traria de volta o desenvolvimento e o crescimento econômico. A caneta de Carlesse escreve torto nas linhas tortas do seu mandato. “Até quando vamos perder pessoas, crianças, jovens?” pergunta de Ambrósio, que proferiu com um ar desanimador, talvez por olhar para todos os lados e não encontrar uma saída dos problemas que nos empurraram aqueles que (segundo as próprias palavras dele), só pensam no poder; estamos pagando uma  conta que não fizemos.

Confira o vídeo

Essa talvez seja a pior das mazelas do sistema de representação política.  O dono da caneta está enclausurado dentro do Palácio Araguaia com seus secretários em uma espécie de “BBB do Cerrado”, não sabem o que acontece aqui fora, ficam lá dentro governando às escuras, enquanto que na vida real, crianças se vão pelas medidas tomadas sem planejamento. A caneta deve mudar de cor e de “dono”, do vermelho sangue para a verde esperança, sair das mãos de um tirador de pedidos para as mãos de um gestor.

O Ambrósio é a voz dos indignados, que às vezes por medo ou falta de informação do que acontece dentro do Estado não se rebelam. Espero, do fundo meu coração, não ouvir mais notícias de mortes de crianças por falta de médicos ou ambulância nos hospitais do Tocantins. Que Deus proteja os tocantinenses.

 

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do Agência Tocantins no (63) 9 8500-8112

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
AugustinópolisAugustinópolis - TO Notícias de Augustinópolis
Palmas - TO
Atualizado às 13h03
31°
Poucas nuvens Máxima: 34° - Mínima: 19°
31°

Sensação

19 km/h

Vento

38.8%

Umidade

Fonte: Climatempo
G&H CLEAN – SERVIÇOS DE LIMPEZA
BANNER CAMPANHA ARRAIÁ DA AMIZADE 2019
Municípios
CAMPANHA PRESENÇA DIGITAL WEB- 1
Últimas notícias
Mais lidas