CAPACITAÇÃO

Professores da rede municipal que atendem alunos com deficiência participam de Formação

Hoje a Secretaria de Educação atente a 176 alunos que possuem deficiência, com maior número de crianças com o Transtorno do Espectro Autista (TEA).

31/01/2019 23h59Atualizado há 7 meses
Por: Alessandro Ferreira
445
Divulgação
Divulgação

Para discutir metodologias que melhorem o desempenho dos alunos que possuem algum tipo de deficiência é que os professores que trabalham nas Salas de Recursos das Escolas Municipais de Gurupi participam durante toda esta quinta-feira, 31, de Formação Continuada, no auditório da Escola Municipal Antônio Lino. Vários temas estão sendo abordados e práticas de sucesso estão sendo discutidas, assim como técnicas de ampliação e melhoria do serviço.

Segundo a Assessora Técnica de Inclusão da Secretaria Municipal de Educação, Eliene Ferreira, o encontro é um momento para o Planejamento com os professores e discussão do Plano de Desenvolvimento Individual. Ressalta que a forma de trabalhar com os alunos especiais tem que ser diferenciada e para isso é que as escolas contam com as Salas de Recursos, sendo que das 23 unidades educacionais, 15 possuem a sala e aquelas escolas que não tem e possuem alunos que precisam do serviço são encaminhados à escola mais próxima para o atendimento.

A Sala de Recurso conta com um professor especializado na área de inclusão e atende os alunos no contra turno duas vezes por semana. O trabalho é realizado com toda assistência, inclusive, com materiais que promovem a acessibilidade e é um trabalho que alcança os pais e dão suporte aos professores das salas regulares.

As Salas de recursos contam com o apoio e supervisão da equipe multidisciplinar da Secretaria Municipal de Educação, formada por psicólogos, pedagogos, assistente social e orientador educacional.

Segundo a Assessora Técnica da Inclusão, esse trabalho é essencial para o acesso à educação dessas crianças e que tem como função principal diminuir as barreiras. “Durante todo ano esse trabalho é realizado e ajuda bastante na metodologia dos professores regulares. A cada ano o serviço avança, a equipe vai ficando mais completa e com essas formações o trabalho fica a cada dia melhor, o que torna hoje Gurupi referência na inclusão. Estamos sempre procurando oferecer o melhor atendimento”, ressaltou assessora técnica. 

A educadora Aline Cristiane Mendonça, que é professora na Sala de Inclusão na Escola Lenival Correia, comentou que o trabalho é desafiador, apaixonante e essencial para o bom andamento do processo de aprendizado do aluno que possui alguma deficiência. Segundo ela, é importante o educador conhecer diversas metodologias, pois o trabalho com cada aluno é muito individual, mesmo que ele tenha a mesma deficiência, mas um método aplicado com um muitas vezes não dá certo com outro.

Hoje a Secretaria de Educação atente a 176 alunos que possuem deficiência, com maior número de crianças com o Transtorno do Espectro Autista (TEA).

 

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do Agência Tocantins no (63) 9 8500-8112

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Palmas - TO
Atualizado às 00h00
28°
Alguma nebulosidade Máxima: 38° - Mínima: 22°
27°

Sensação

11 km/h

Vento

35%

Umidade

Fonte: Climatempo
G&H CLEAN – SERVIÇOS DE LIMPEZA
CAMPANHA DIREITOS E DEVERES
Municípios
Últimas notícias
AUTO ESCOLA UNIÃO 300X250
Mais lidas
BANNER MARRONY