Thursday, 16 de September de 2021
31°

Poucas nuvens

Palmas - TO

Polícia MANDADO DE PRISÃO

Após dias de investigação, homem suspeito de assassinar a própria esposa no Taquari é preso pela Polícia Civil em Palmas

Crime ocorreu em julho de 2021 na residência do casal no Jardim Taquari. A vítima foi alvejada por um disparo de arma de fogo na cabeça.

09/09/2021 às 22h41 Atualizada em 09/09/2021 às 22h49
Por: Alessandro Ferreira Fonte: Redação | Agência Tocantins
Compartilhe:
Após a realização dos procedimentos na delegacia, Genilton Ferreira foi colocado à disposição do poder judiciário na Unidade Penal de Palmas – Foto: Alessandro Ferreira / Agência Tocantins
Após a realização dos procedimentos na delegacia, Genilton Ferreira foi colocado à disposição do poder judiciário na Unidade Penal de Palmas – Foto: Alessandro Ferreira / Agência Tocantins

Um homem de 33 anos, suspeito de matar a própria esposa foi preso na tarde desta quinta-feira (09), em Palmas, mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva, durante ação realizada por policiais civis da 1ª Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (1ª DHPP), da Capital, sob a coordenação da delegada Luciana Coelho Midlej.

De acordo com as investigações da 1ª DHPP, na noite do dia 24 de julho desse ano, o suspeito identificado como Genilton Ferreira, 33 anos chegava em sua residência após ter buscado a esposa em um comércio onde ela trabalhava como vendedora de espetinhos e, aparentemente sem motivo, quando parou em frente ao portão do imóvel, o indivíduo disparou um tiro de revólver contra a cabeça identificada como Rita Dayane, de 31 anos, que veio a óbito ainda no local.

Logo após os fatos, Genilton Ferreira fugiu e o caso passou a ser investigado pelas equipes da Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa – DHPP, que logo identificaram o marido como sendo o autor do crime. Com base nas investigações, a autoridade policial representou, junto ao Poder Judiciário, pela prisão do homem.

De posse da ordem judicial, os policiais civis da 1ª DHPP intensificaram as diligências e, na tarde de hoje, conseguiram efetuar a captura do homem, que era considerado foragido da Justiça. Após ser conduzido à sede da delegacia especializada, onde foi dado cumprimento a Ordem Judicial, o homem foi colocado à disposição do poder judiciário na carceragem da Unidade Penal de Palmas – UPP.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.