Thursday, 16 de September de 2021
30°

Nuvens esparsas

Palmas - TO

Polícia AÇÃO DA PRF

Caminhão com 35 mil eletrônicos é apreendido e motorista diz que pegou a carga em barco nas margens de rio

Para a PRF, o homem disse que não desconfiou de nenhuma irregularidade porque teria recebido notas fiscais dos donos do carregamento. Os produtos seriam levados para São Paulo.

14/09/2021 às 16h22
Por: Alessandro Ferreira Fonte: Redação | Agência Tocantins
Compartilhe:
Caminhão foi apreendido em Gurupi com mais de 35 mil eletrônicos — Foto: Divulgação/PRF
Caminhão foi apreendido em Gurupi com mais de 35 mil eletrônicos — Foto: Divulgação/PRF

Um caminhão carregado com 35 mil produtos eletrônicos importados ilegalmente foi apreendido em uma operação conjunta da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Receita Federal em Gurupi. O veículo levava itens como TV Box, relógios digitais, robô-aspirador, balança eletrônica, fones bluetooth e cigarros eletrônicos. O flagrante foi no km 663 da BR-153.

O motorista do caminhão disse não saber que os eletrônicos não estavam legalizados. Para a PRF, ele informou que pegou a carga em uma fazenda perto de Belém (PA) e que os produtos chegaram de barco em um rio que atravessava a propriedade.

A apreensão foi no fim da tarde da segunda-feira (13). A apuração da PRF indica que a entrega dos produtos seria em São Paulo. O motorista do caminhão tem 44 anos.

Ainda no depoimento, ele disse que recebeu dos donos da carga algumas notas fiscais e que por isso não desconfiou da fraude. Os documentos que ele apresentou não condiziam com a quantidade de produtos no baú do caminhão.

Além disso, a venda de cigarros eletrônicos é proibida no Brasil e por isso o caso também caracteriza contrabando. Apenas deste produto, foram encontradas 5,6 mil unidades. A Receita Federal ainda fará o levantamento e valoração de tudo que foi apreendido.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.