TRANSPORTE ESCOLAR

Pais de alunos protestam em Recursolândia por falta de transporte escolar

Com a falta do transporte escolar, cerca de 80 alunos que moram nos assentamentos da zona rural estão sem estudar.

12/03/2019 09h59Atualizado há 2 meses
Por: Alessandro Ferreira
1.150
Imagem Ilustrativa - Divulgação/Agência Tocantins
Imagem Ilustrativa - Divulgação/Agência Tocantins

Pais de alunos cansados de esperar por uma solução para o transporte escolar de seus filhos, decidiram na manhã dessa segunda-feira (11), protestar na porta da Câmara Municipal reivindicando devido ao não fornecimento de transporte escolar para seus filhos que são residentes nos assentamentos Barra Mansa e Baixa Funda, localizados na zona rural do município.

Segundo os manifestantes, o transporte que é direito dos estudantes não está ocorrendo desde o começo do ano letivo. Os alunos desses assentamentos sempre tiveram o transporte para que pudessem estudar.

Ainda segundo informações, os pais dos alunos estiveram na Secretaria de Educação do Município em busca de uma solução para o problema, mas segundo eles, a Secretária responsável pela pasta, além de recebê-los com truculência mandou que todos fossem buscar ajuda em outros lugares pois a situação do transporte escolar ainda está em processo licitatório.

Por telefone, o pai de um dos alunos que está impedido de frequentar as aulas devido à falta do transporte escolar, contou que o posicionamento da secretária deixou todos os pais dos alunos constrangidos, uma vez que ela é a pessoa certa para dar uma solução. “Ela nem nos recebeu direito, nos tratou de forma desrespeitosa e truculenta, como se nós estivéssemos pedindo que ela nos fizesse favores, ela como secretária de educação deveria ter pelo menos nos recebido com atenção, pois o que estamos reivindicando é o direito de nossos filhos e filhas poderem chegar a escola para estudarem, o transporte escolar é um direito  nosso e também é obrigação do município”, Ressaltou.

Com a falta do transporte escolar, cerca de 80 alunos que moram nos assentamentos da zona rural estão sem estudar. Segundo o vereador Sebastião Guimarães (PSL), após tomar conhecimento do problema se reuniu com os pais dos alunos e se comprometeu em ajudá-los, o mesmo se colocou à inteira disposição para juntos conseguir resolver o problema. Guimarães informou que o caso já foi passado para o promotor de justiça no Ministério Público da Comarca do Itacajá.

Pais e mães de alunos durante reunião com Presidente da Câmara do município - FotoReprodução / Agência Tocantins

Leia também

Vale lembrar, que em junho de 2016 a justiça determinou que a prefeitura de Recursolândia regularizasse o transporte escolar dos alunos da rede pública de ensino dando o prazo de cinco dias para que o problema fosse solucionado.

Na época a decisão liminar foi proferida pelo Juiz de Itacajá, Marcelo Eliseu Rostirolla. A decisão atendeu ao pedido do Ministério Público Estadual (MPE).

A decisão do magistrado obrigou a gestão municipal a atender todas as rotas, com horário fixo de embarque e desembarque compatível com o horário escolar. Os alunos devem ser buscados em horário que não faça com que eles cheguem atrasados na escola. Além disso, ficou estipulado o prazo de 30 minutos, após as aulas para que os sejam recolhidos nos pontos de embarque.

Na ação do MPE, o promotor de justiça substituto Rogério Rodrigo Ferreira Mota, alegou que devido às distâncias entre as residências e pontos de embarque, muitas crianças estavam com dificuldade em frequentar a escola. Elas perdiam as aulas e em alguns casos chegavam a abandonar os estudos.

 

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do Agência Tocantins no (63) 9 8500-8112

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
RecursolândiaRecursolândia - TO Notícias de Recursolândia
Palmas - TO
Atualizado às 12h00
31°
Muitas nuvens Máxima: 37° - Mínima: 23°
33°

Sensação

10.6 km/h

Vento

52.9%

Umidade

Fonte: Climatempo
G&H CLEAN – SERVIÇOS DE LIMPEZA
Municípios
Últimas notícias
BANNER NOVO NÚMERO ZAP
Mais lidas