Política

Os deputados do Bico: Dos 45 mil aos 600 mil. Quais acusações pesam sobre Jair Farias.

Jair Farias é um personagem político da região do Bico do Papagaio, extremo norte do Estado do Tocantins. Nascido na cidade cearense de Monsenhor Tabosa, Jair Farias começou a militar na política em 1982 no MDB

Falando sobre política

Falando sobre política Aqui você encontra tudo sobre política

12/03/2019 16h51
Por: Keops Mota
833
Jair Farias - deputado estadual
Jair Farias - deputado estadual

Ser político hoje em dia é sinônimo de corrupção, os inúmeros casos divulgados em sites e jornais depositaram no eleitor uma descrença na política e nos políticos, a prova disso é o alto índice de votos brancos, nulos e abstenções que vem aumentando a cada eleição, reflexo dessa descrença popular na política. O Estado do Tocantins não está livre dessa descrença. Vereadores, prefeitos, deputados, senadores e governador são acusados de vários tipos de corrupção. Por isso o Agência Tocantins inicia uma série onde elencamos algumas acusações que pesam sobre os deputados estaduais eleitos na última eleição. O intuito não é aumentar essa descrença, lógico que pode acontecer,  mas a real intenção é fazer você, leitor, saber quais os processos que seu deputado enfrenta.  Começaremos pelo Bico do Papagaio, e o primeiro na lista é o deputado sitionovense Jair Farias. Vamos lá.

Jair Farias é um personagem político da região do Bico do Papagaio, extremo norte do Estado do Tocantins. Nascido na cidade cearense de Monsenhor Tabosa, Jair Farias começou a militar na política em 1982 no MDB. Eleito Vice-prefeito e prefeito por três vezes na pequena cidade de Sítio Novo Jair enfrentou sua primeira disputa estadual no ano de 2018, elegendo-se Deputado Estadual pela Mobilização Democrática Brasileira (MDB).  Durante sua vida política Jair Farias viu-se envolvido em acusação de sacar R$ 45 mil reais da conta da prefeitura em época eleitoral sem prestar conta do saque realizado no ano de 2017. Na época Jair Farias era secretário de finanças da prefeitura na gestão do prefeito Alexandre Farias, seu sobrinho, e o episódio levou o MP (Ministério Público) a pedir o bloqueio dos bens do atual Deputado Estadual. O processo ainda está correndo na justiça e a qualquer momento terá seu desenrolar.

Outra acusação que pesa sobre Jair Farias é de que teria recebido durante a eleição de 2018 uma verba o fundo espacial de campanha. O valor que, segundo o MPE (Ministério Público Eleitoral), teria entrado de forma indevida nas contas de Farias soma R$ 600 mil reais. O valor deveria ter sido aplicado somente em campanhas femininas, no entanto, teria entrado na conta de Farias de forma indevida, segundo Procurador Eleitoral Àlvaro  Manzano, isso levou ao pedido de cassação do diploma de Jair Farias.  Comprovado o ilícito o deputado terá seu diploma cassado, o que não incorre em perda de mandato, mas poderá ficar inelegível por no mínimo cinco anos. Jair foi eleito nas últimas eleições com 22.952 votos; o quinto mais votado do estado.  

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Sítio Novo do TocantinsSítio Novo do Tocantins - TO Notícias de Sítio Novo do Tocantins
Palmas - TO
Atualizado às 02h43
24°
Alguma nebulosidade Máxima: 34° - Mínima: 23°
24°

Sensação

7 km/h

Vento

89%

Umidade

Fonte: Climatempo
G&H CLEAN – SERVIÇOS DE LIMPEZA
Municípios
Últimas notícias
BANNER NOVO NÚMERO ZAP
Mais lidas