Saturday, 22 de January de 2022
28°

Trovoada

Palmas - TO

Política ABREULÂNDIA TO

Secretaria Municipal de Saúde de Abreulândia lança campanha do Janeiro Roxo no combate a Hanseníase

O secretário municipal de Saúde é Silvio Montelo, e o prefeito é Manoel Moura (PT).

13/01/2022 às 20h07
Por: Edson Gilmar Fonte: Edsom Gilmar
Compartilhe:
Campanha contra o hanseníase foi lançado esta semana em Abreulândia - Foto: Ascom/Divulgação
Campanha contra o hanseníase foi lançado esta semana em Abreulândia - Foto: Ascom/Divulgação

A prefeitura de Abreulândia – Tocantins lançou nesta quarta-feira (12), por meio da Secretaria Municipal de Saúde, a campanha do Janeiro Roxo, que tem como objetivo combater a hanseníase. O secretário municipal de Saúde é Silvio Montelo, e o prefeito é Manoel Moura (PT).

Os principais sintomas da hanseníase são: Manchas (esbranquiçadas, amarronzadas e avermelhadas) na pele com mudanças na sensibilidade dolorosa, térmica e tátil, sensação de fisgada, choque, dormência e formigamento ao longo dos nervos dos membros, perda de pelos em algumas áreas e redução da transpiração, Inchaço e dor nas mãos, pés e articulações, dor e espessamento nos nervos periféricos, Redução da força muscular, sobretudo nas mãos e pés, Caroços no corpo, Pele seca, Olhos ressecados, Feridas, sangramento e ressecamento no nariz, Febre e mal-estar geral.

Causas

Conhecida anteriormente por lepra, à hanseníase é uma patologia causada pela Mycobacterium Leprae ou Bacilo de Hansen, ela afeta principalmente as pessoas que vivem em condições precárias de moradia e saneamento básico. Sua transmissão é através do ar e por contato com pessoas infectadas que ainda não foram tratadas.

O tratamento acontece entre 6 e 12 meses, dependendo de como o paciente reage ao tratamento e o nível de evolução da doença. Dores nas articulações, no pé e nos olhos, redução na sensação de tato ou perda de sensação de temperatura são alguns dos sintomas apresentados.

Lançada em 2016, a campanha janeiro roxo repassa a sociedade informações importantes da doença, reforçando que quanto mais cedo o diagnóstico melhor será o resultado do tratamento que é totalmente financiado pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Atualmente o Brasil está em segundo lugar no mundo em notificações da doença.

Tratamento

Se apresentar um ou mais desses sinais e sintomas, procure ajuda médica. O posto de saúde mais próximo de sua casa ou uma equipe de saúde da família podem lhe ajudar. Neles, é possível fazer exames e receber orientações de como se tratar.

Em caso de diagnóstico confirmado para hanseníase, oriente as pessoas com as quais mantém contato próximo e regular (familiares, amigos, colegas de trabalho) a também irem ao médico para serem examinadas.

Quem tem diagnóstico para hanseníase deve começar a tomar os medicamentos prescritos de imediato. Ao fazer isso, o paciente deixa de ser transmissor da doença. E atenção: é importante não abandonar o tratamento ou deixar de tomar os remédios.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.