Monday, 16 de May de 2022
30°

Alguma nebulosidade

Palmas - TO

Economia REAJUSTE NO PREÇO

Proposta de reajuste protocolada pela Seturb pode elevar para R$ 7.60 o valor da tarifa do transporte público em Palmas

Para embasar o pedido, o Seturb apresentou estudo técnico e planilha de cálculo comparando a tarifa atual de R$ 3,85 com a de R$ 7,60.

21/01/2022 às 21h25 Atualizada em 21/01/2022 às 22h47
Por: Nathaly Guimarães Fonte: Redação | Agência Tocantins
Compartilhe:
Para embasar o pedido, o Seturb apresentou estudo técnico e planilha de cálculo comparando a tarifa atual de R$ 3,85 com a de R$ 7,60 - Foto: Divulgação
Para embasar o pedido, o Seturb apresentou estudo técnico e planilha de cálculo comparando a tarifa atual de R$ 3,85 com a de R$ 7,60 - Foto: Divulgação

O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros do SIT - Palmas (Seturb) enviou à prefeitura palmense uma proposta de aumento da tarifa de ônibus para R$ 7,60. Isso significa que, a partir do dia 1° de junho deste ano, o usuário do transporte pagaria R$ 4,50 e a prefeitura pagaria o restante para as empresas de ônibus, totalizando os R$ 7, 60.

A proposta sobre o reajuste foi protocolada pelo Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros do SIT na Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana em 28 de dezembro do ano passado. O documento também foi entregue a presidente do Conselho Municipal de Acessibilidade, Mobilidade, Trânsito e Transportes – CMAMTT, Coronel Alaídes Pereira Machado.

Para embasar o pedido, o Seturb apresentou estudo técnico e planilha de cálculo comparando a tarifa atual de R$ 3,85 com a de R$ 7,60.

  • De acordo com o sindicato, os motivos para o reajuste são:
  • Queda de 50,30% no número de passageiros transportados por mês;
  • Aumento acumulado de 58,57% no preço do litro do óleo diesel; Aumento acumulado de 40,77% no preço do pneu;
  • Reajuste dos salários dos funcionários do transporte coletivo urbano de 21,28%.

De acordo com informações apuradas pela Agência Tocantins, a concessão das empresas de transporte coletivo de Palmas vence em novembro deste ano. Assim, elas teriam até março para fazerem proposta de reajuste, que começaria a valer em junho. No entanto, a Prefeitura de Palmas deve fazer com antecedência de seis meses (antes de novembro) o processo licitatório para a escolha das empresas que atuarão no transporte coletivo municipal no próximo ano. Isso significa que a prefeitura vai iniciar o processo por volta de abril e, como o reajuste proposto pelo Seturb só vale a partir de junho, fica inviável aplicar esse aumento no valor da passagem durante o processo licitatório.

Confira aqui o documento completo protocolado pela SETURB.

O documento foi protocolado na Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana em 28 de dezembro do ano passado – Foto: Reprodução / Agência Tocantins
O documento foi protocolado na Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana em 28 de dezembro do ano passado – Foto: Reprodução / Agência Tocantins

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.