Monday, 16 de May de 2022
30°

Alguma nebulosidade

Palmas - TO

Polícia MANDADO DE PRISÃO

Suspeito de estuprar adolescente de 12 anos em Colméia após atraí-la com celular e doces é preso pela Polícia Civil

O suspeito foi preso na noite desta quarta-feira (11) em cumprimento de mandado de prisão preventiva. As investigações apontam que o homem vinha cometendo os abusos há mais de um ano.

12/05/2022 às 10h33 Atualizada em 12/05/2022 às 10h54
Por: Nathaly Guimarães Fonte: Redação | Agência Tocantins
Compartilhe:
Homem foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva. – Foto: Divulgação / SSPTO
Homem foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva. – Foto: Divulgação / SSPTO

Um homem de 54 anos que não teve o nome divulgado, foi preso em Colméia, na região Centro-Norte do Estado, acusado do crime de estupro de vulnerável. Segundo a Polícia Civil, ele teria estuprado várias vezes uma menina de 12 anos após atraí-la com o intuito de presenteá-la com aparelho celular e doces. A prisão aconteceu depois que a mãe da vítima viu o homem acariciando a filha e procurou uma delegacia.

O suspeito foi preso na noite desta quarta-feira (11) em cumprimento de mandado de prisão preventiva expedido pelo poder judiciário estadual. De acordo com informações apuradas pela reportagem da Agência Tocantins, as investigações apontam que o homem vinha cometendo os abusos há mais de um ano.

O delegado João Luís Jucá, responsável pelo caso, explicou que para atrair a vítima e cometer os abusos o homem entregava o próprio celular para que a menina brincasse e também oferecia doces e dinheiro. Conforme a polícia, o homem dizia para a menina não contar a ninguém sobre o que acontecia.

“O homem dava dinheiro a ela, entregando quantias que variavam de R$ 20 a R$ 50. Posteriormente, o indivíduo levava a criança para um dos quartos de sua residência onde cometia os abusos sexuais”, disse o delegado.

A polícia informou que os crimes só foram descobertos porque a mãe da vítima flagrou um dos momentos em que o autor acariciava e agarrava sua filha. Depois de presenciar, ela procurou uma delegacia da Polícia Civil, fez uma denúncia, e as investigações começaram.

Após ser localizado e preso no Parque de Exposições da cidade, o suspeito foi levado para a Delegacia de Colmeia e encaminhado à Cadeia Pública local, onde está à disposição da Justiça.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.