ELLEN_BABYEKIDS
OPINIÃO

O triste fim de um governo que nasceu da esperança

O governo Carlesse já perdeu a razão de existir, não tem mais legitimidade popular.

18/08/2019 17h47Atualizado há 1 mês
Por:
Fonte: Redação Agência Tocantins
7.300
Imagem Ilustrativa - Divulgação/Agência Tocantins
Imagem Ilustrativa - Divulgação/Agência Tocantins

Quando ele apareceu no cenário político estadual por consequência da fatídica cassação de Marcelo Miranda, o sofrimento não nos deixou enxergar que ali estava o fogo que iríamos cair quando saímos da frigideira do governo anterior. Iludidos pelo sofrimento e pelo discurso de estabilidade, renegamos homens públicos experientes para apostar na incerteza do novo.

Ah! Se arrependimento matasse. Esse sofrimento nos fez enxergar esperança onde havia solidão, descaso e uma dose extra de mais sofrimento. Mesmo após alguns indícios a maioria não conseguiu enxergar que estávamos caminhando para um futuro não muito auspicioso, que o sentimento de esperança gerado na eleição suplementar, se transformaria em tristeza, mas, sob o efeito do ópio da "estabilidade" pregado por Mauro Carlesse, o novo governo foi elevado ao segundo mandato.

Somente após a reeleição do atual governo, é que alguns começaram a entender o mal que fizeram, mas já era tarde, o governo foi eleito e vieram os escândalos que evidenciavam o modus operandi do governo da "estabilidade". Percebemos que nada mudou debaixo do céu do Tocantins, só mesmo o causador do sofrimento que há 36 anos nos assola. Veja os escândalos que envolvem o governo do Estado.

Escândalo do lixo hospitalar

O primeiro e maior escândalo, nasceu nos hospitais do Estado quando o secretário de Saúde contratou uma empresa sem capacidade técnica para recolher lixos hospitalar nos Hospitais Regionais do Estado.

A empresa que pertence ao pai do ex-líder do governo na Assembleia Legislativa à época; Deputado Olyntho Neto. Foi encontrado um depósito clandestino de descarte de lixo hospitalar no setor industrial de Araguaína, em um galpão que pertence ao deputado Olyntho Neto e também em propriedades rurais da família do deputado, e a PC descobriu que a empresa foi contratada sem licitação e, suspeito, que a contratação se deu por imposição do deputado Olyntho para beneficiar sua família.

Escândalo dos fantasmas

Foi encontrado na Secretaria de Governo mais de 15 mil funcionários suspeitos de serem fantasmas, aqueles que recebem sem trabalhar. A operação investiga funcionários de deputados ligados ao governo, como o filho do presidente da AL-TO Toinho Andrade e a atual líder do governo Valderez Castelo Branco.

Escutas telefônicas autorizadas pela justiça mostra um desses funcionários admitindo ter trabalhado nas duas campanhas de Mauro Carlesse, que leva a crer que o governador sabia da prática, e usou esses fantasmas para ajudar em sua eleição. Por conta disso há um pedido de cassação contra ele correndo no TRE.

Escândalo da Casa Branca

A operação Avaratia investiga fraude em licitações em obras públicas como a reestruturação de rodovias e a reforma da "casa branca", onde será a residência oficial do governador. O ex-chefe de obras do governo chegou a ficar preso.

A Polícia suspeita que a fraude tenha gerado um prejuízo de R$ 29 milhões de reais. Foi por intermédio desse escândalo que surgiu pela primeira vez o nome de Claudinei Aparecido Quaresmim nos escândalos que têm o governo no meio.

O deputado federal Vicentinho Junior afirmou que as escutas policiais citam o nome do sobrinho do governador no caso em questão. Claudinei Quaresmin também é apontado de ser o pivô do pedido de demissão do secretário de infraestrutura. Segundo o secretário, Quaresmin queria ter poder dentro da pasta.

Escândalo do Plansaude

O mais recente escândalo envolvendo o governo do Estado é a acusação de uma cobrança de propina de clínicas conveniadas com o Plansaude. O escândalo veio à tona após o vazamento da conversa entre um dos sócios do Hospital Osvaldo Cruz - HOC, que na última quinta-feira (16), se descredenciou no Plansaúde através de uma nota.

O governo diz desconhecer os motivos do descredenciamento, mas as conversas vazadas contam os possíveis motivos, aqui nesse caso aparece pela segunda vez a figura de Claudinei Quaresmin. Conforme a denúncia do médico, o sobrinho do governador estaria cobrando 23% de propina das clínicas, e esse teria sido o motivo do descredenciamento. Só não fica somente nisso, o escândalo é bem mais profundo.

O possível envolvimento de empresários no esquema

O médico vai detalhando os esquema e cita nomes de empresas e empresários da capital, que, segundo ele, estariam envolvidos no esquema. Em um trecho ele chega a afirmar que Quaresmin ao atender os parceiros no esquema apenas escrevia em um papel o que queria dizer, sem pronunciar uma palavra, isso conforme ele, Queresmin tinha medo de gravações que poderiam acontecer.

O governo Carlesse já perdeu a razão de existir, não tem mais legitimidade popular. Chegou ao fim um governo que nasceu da esperança, um fim triste, mergulhado em acusações de corrupção e perseguições. Mais uma vez o tocantinense foi enganado pelas lindas promessas eleitorais. A estabilidade ficou nas telas da TV, não entrou no governo, e muito menos na vida do tocantinense.

 

O site Agência Tocantins é a maior referência em jornalismo no Tocantins, com conteúdos diários para quem precisa estar sempre bem-informados.

– Apoie o jornalismo profissional –

A missão do site Agência Tocantins é a mesma desde 2014, data da sua fundação: levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o nosso Estado, Brasil e o mundo. São mais de 20 reportagens, artigos, fotos, vídeos publicados diariamente e produzidos de forma independente pela redação de jornal eletrônico Agência Tocantins.

Anuncie no site Agência Tocantins, e tenha a sua empresa, negócio ou produto, visto diariamente por mais de 40 mil internautas em todo Estado.

Para anunciar no site Agência Tocantins entre em contato no telefone: (63) 3224-4870 | 98500-8112 ou 99273-4317

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
G&H CLEAN – SERVIÇOS DE LIMPEZA
CAMPANHA - PRESENÇA DIGITAL AGOSTO
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas