20°C 34°C
Palmas, TO
Publicidade

Justiça condena BRK Ambiental por lançar esgoto que matou peixes no Ribeirão Taquaruçu na capital

A sentença estipulou a obrigatoriedade de pagamento de multa equivalente a 150 salários mínimos, à época dos fatos, além de adotar medidas eficazes para evitar a repetição de condutas danosas ao meio ambiente

15/01/2024 às 19h15 Atualizada em 15/01/2024 às 19h34
Por: Redação Fonte: Redação | Agência Tocantins
Compartilhe:
Leito do Ribeirão do Taquarussu em Palmas (Foto: Djavan Barbosa)
Leito do Ribeirão do Taquarussu em Palmas (Foto: Djavan Barbosa)

A Justiça condenou a empresa BRK Ambiental por poluir o Ribeirão Taquaruçu ao lançar esgoto por meio do vazamento de resíduos da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do setor Taquari, região sul de Palmas. O crime ocorreu em 2017 e uma ação penal foi proposta pelo Ministério Público (MP).

O juiz Luiz Zilmar dos Santos Pires considerou a gravidade e os efeitos do crime, prejudiciais ao ecossistema e a comunidade local. Por isso, estabeleceu a pena em 150 salários mínimos à empresa, que também deve adotar medidas eficazes “para evitar a repetição de condutas lesivas ao meio ambiente”, e estabelecer programas de gestão ambiental, capacitação de funcionários e monitoramento ambiental.

Segundo a decisão, um parecer técnico elaborado pela equipe do Centro de Apoio Operacional de Habitação, Urbanismo e Meio Ambiente (CAOMA) do MP, apontou que “a mortandade de peixes observada em junho de 2017 estava diretamente relacionada à depleção de oxigênio dissolvido causada pelo lançamento de esgoto tratado da BRK Ambiental”.

A ação penal proposta pelo Ministério Público do Tocantins (MPTO) apontou, em um relatório realizado pelo Centro Operacional do Meio Ambiente (CAOMA) “que a mortandade de peixes no ribeirão estava diretamente relacionada à redução de oxigênio causada pelo lançamento de esgoto tratado da BRK Ambiental”.

A decisão também cita que as declarações de testemunhas e análises técnicas indicam que os problemas ambientais “estavam concentrados especificamente na área de descarga do esgoto tratado pela estação”.

Além disso, declarações de moradores e guardas ambientais destacam que a população da área afetada “dependia da região para cultivo de plantações e criação de animais”, por isso, “esta dependência ressalta a improbabilidade de que os próprios moradores causassem danos ao ambiente”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Palmas, TO
24°
Tempo limpo

Mín. 20° Máx. 34°

24° Sensação
1.54km/h Vento
69% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h29 Nascer do sol
06h00 Pôr do sol
Sex 35° 22°
Sáb 36° 23°
Dom 36° 24°
Seg 37° 24°
Ter ° °
Atualizado às 23h04
Economia
Dólar
R$ 5,45 +0,00%
Euro
R$ 5,86 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,36%
Bitcoin
R$ 376,816,51 +0,28%
Ibovespa
120,261,34 pts 0.53%
Publicidade