23°C 33°C
Palmas, TO
Publicidade

Polícia Civil do Tocantins alerta população sobre jogos de azar e rifas digitais

Com sigilo garantido, a população pode denunciar casos à Polícia Civil por meio do whatsapp

15/02/2024 às 13h03
Por: Redação Fonte: Laiane Vilanova / Governo do Tocantins
Compartilhe:
Imagem Ilustrativa / Divulgação
Imagem Ilustrativa / Divulgação

A Polícia Civil do Tocantins está intensificando as ações contra a prática de jogos de azar e loterias não autorizadas. A 2ª Delegacia Especializada de Repressão às Infrações de Menor Potencial Ofensivo (DEIMPO - Palmas) tem recebido denúncias relacionadas às práticas ilegais e alerta a população para que não caia nas propagandas feitas por determinados influenciadores, pois eles são apenas contratados para aliciar pessoas.

O delegado Rodrigo Saud, um dos delegados responsáveis pelas investigações na Capital, explica que, embora esses jogos ou rifas, se apresentem como oportunidades de ganhar grandes quantias de dinheiro de maneira rápida, a realidade é bem diferente e muitos usuários acabam perdendo consideráveis quantias. “Os jogos são frequentemente programados para proporcionar vitórias ocasionais, incentivando os jogadores a continuar apostando, enquanto os verdadeiros beneficiados são os administradores das plataformas de apostas e os influenciadores que são pagos para fazer a publicidade”, disse.

Além disso, esse tipo de jogo não é regulamentado no Brasil, impossibilitando que os mesmos sejam fiscalizados para atestar que, de fato, existe a possibilidade de ganho.

Tigrinho

Existem várias plataformas e aplicativos de cassino online, mas no Tocantins, o “Jogo do Tigre” ou “tigrinho” como é popularmente conhecido tem feito mais vítimas. Para jogar, a pessoa precisa primeiro colocar dinheiro na plataforma, a promessa é de que o valor depositado poderá ser multiplicado em até dez vezes mais. Porém, na prática isso não acontece, como explica o delegado. “Para ganhar o prêmio é necessário fazer a combinação de três figuras iguais em três fileiras, contudo, os jogos são programados para proporcionar vitórias ocasionais, incentivando o usuário a continuar apostando, enquanto os principais beneficiados são aqueles que gerenciam a plataforma”, ratificou o delegado Rodrigo Saud.

Os influenciadores, contratados para fazer publicidade dos jogos, também estão entre os que se beneficiam da plataforma, mas diferente do que eles mostram, não ganham dinheiro jogando e sim, por serem contratados para fazer propaganda. “Já temos conhecimento de vítimas que tiveram prejuízos relacionados a esse tipo de aposta, e foram atraídas por meio de influenciadores. A população deve tomar cuidado com esse tipo de publicidade pois não existe ‘dinheiro fácil’ e, no fim, muitos acabam perdendo patrimônio, família e chegam a tirar a própria vida em decorrência disso. Precisamos que as pessoas tenham consciência e não caiam nesses golpes”, finalizou o delegado.

A Polícia Civil mantém um canal para denúncias por meio do número de whatsapp (63) 3571-8266, o sigilo do denunciante é garantido.

Rifas Digitais

A 1ª e 4ª Delegacias de Polícia de Palmas já realizaram duas grandes operações, em 2023, denominadas "Tá no Grale" e "Ostentação", respectivamente, em que os alvos foram influenciadores que promoviam rifas digitais.

A modalidade criminosa consiste na realização de sorteios não autorizados pelos órgãos competentes, divulgando nas redes sociais dos envolvidos e captando recursos dos participantes de boa-fé. Os investigados se valeram do elevado número de seguidores que possuem nas redes sociais para promover os sorteios.

Na Operação “Tá no Grale”, de maio de 2022 a fevereiro de 2023, os três pessoas arrecadaram ilicitamente quase R$ 5 milhões com as rifas. Do total de trinta e seis sorteios realizados pelos investigados, doze não constavam os números sorteados e nem o ganhador.

Já na Operação “Ostentação”, quatro pessoas de uma mesma família foram indiciadas pela prática de rifas digitais. O influenciador alvo usava sua rede social, com mais de 70 mil seguidores, para realizar os sorteios. Foram, ao todo, 27 contravenções de loterias não autorizadas em que ele recebeu mais de R$ 695 mil como lucro sendo que, deste valor, ao menos R$ 397,8 mil foram submetidos à lavagem de dinheiro.

As investigações mostraram que, para dar uma aparência de licitude ao dinheiro arrecadado, o influenciador colocou uma de suas irmãs, bem como sua esposa como sócias na atividade ilícita e, juntos, praticaram mais de cinquenta atos tipificados como lavagem de capitais, tais como múltiplas transferências bancárias e aquisição de bens de luxo.

Essas operações resultaram em bloqueios de contas, apreensão de veículos de luxo, restrição judicial de bens e denúncias por crimes de loteria não autorizada, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

O caso está, agora, com a Justiça e, se condenados, os envolvidos podem ser presos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sem foto
Sobre o município
Notícias de Palmas - TO
Ver notícias
Palmas, TO
29°
Tempestades

Mín. 23° Máx. 33°

33° Sensação
6.69km/h Vento
70% Umidade
100% (1.24mm) Chance de chuva
06h16 Nascer do sol
06h10 Pôr do sol
Sáb 31° 23°
Dom 30° 23°
Seg 31° 22°
Ter 32° 23°
Qua 32° 23°
Atualizado às 16h06
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,12 +0,57%
Euro
R$ 5,45 -0,27%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,14%
Bitcoin
R$ 363,586,59 -4,66%
Ibovespa
125,846,51 pts -1.22%
Publicidade