Quinta, 24 de janeiro de 2019
63 98500 8112
Palmas

12/09/2018 às 11h07 - atualizada em 12/09/2018 às 11h45

1.045

Redação

Palmas / TO

Nota de Esclarecimento – Não há destituição de cargo, já que evento realizado em 11 de setembro não tem validade jurídica
A Assemp destaca que, atendendo a notificação do Conselho Fiscal da entidade, feita em 3 de setembro, para que no prazo de 15 dias úteis fosse convoque a Assembleia Geral
Nota de Esclarecimento – Não há destituição de cargo, já que evento realizado em 11 de setembro não tem validade jurídica
Assemp, que sofre atualmente uma tentativa de golpe pelo poder, mantém-se seguindo os trâmites legais de suas ações

A Associação dos Servidores Municipais de Palmas - Assemp esclarece que a convocação da Assembleia Geral marcada para o dia 11 de setembro de 2018, não tem validade jurídica porque não foram observados os critérios estatutários da entidade, inclusive com número de assinatura dos membros efetivos da diretoria inferior aos ⅔ exigidos pelo estatuto em seu artigo 20.


Nela não constam quais seriam as supostas irregularidades cometidas pela Diretoria atual; o edital de convocação não atendeu outras prerrogativas do Estatuto Social, não tendo sido publicada no site da associação, ou no mural da instituição, circulada apenas em grupos do aplicativo WhatsApp. Assim, não há destituição de cargo.


A Assemp destaca que, atendendo a notificação do Conselho Fiscal da entidade, feita em 3 de setembro, para que no prazo de 15 dias úteis fosse convoque a Assembleia Geral; obedecendo assim, o que preza o Estatuto Social da Assemp, e com o intuito de esclarecer quaisquer dúvidas ao associado, o presidente da Assemp, Cleison Nunes, irá convocar Assembleia Geral para o próximo dia 19 de setembro.


A convocação será publicada ainda essa semana, seguindo os trâmites legais previstos.


Desta forma, qualquer mobilização desordeira que esteja informando outra data para a Assembleia, e outras informações inverídicas,configura apenas tentativa de golpe, que não prosperará.


Em nota publica anteriormente no portal da entidade, o presidente da Entidade senhor Cleison Almeida Nunes denunciou uma possível tentativa de golpe e que essa notícia estaria circulando em grupos de um aplicativo de mensagens.


Confira a nota abaixo


A Associação dos Servidores Municipais de Palmas – Assemp,que sofre atualmente uma tentativa de golpe pelo poder, mantém-se seguindo os trâmites legais de suas ações. Assim, atendendo a solicitação do Conselho Fiscal realizará Assembleia Geral no mês de setembro, dentro do prazo solicitado pelo conselho.


Desta forma, a informação que circula em grupos de whatsapp, de realização de Assembleia trata-se de uma inverdade, uma tentativa golpe.  A convocação que circula maldosamente nos grupos da rede social não tem qualquer validade jurídica.


A convocação mentirosa não segue as regras dispostas no estatuto social da entidade, já que fora feita com a assinatura de apenas um membro efetivo da diretoria executiva, quando o Estatuto da entidade exige no mínimo 2/3. Os membros do Conselho Deliberativo não possuem competência para convocar assembleia geral. A 2ª secretária e 2ª tesoureira são também suplentes da diretoria. Além disso, também consta assinatura de membro suplente da Diretoria que já renunciou em data anterior à data constante na convocação mentirosa.


O presidente da Assemp, Cleison Nunes, reforça que recebeu na segunda-feira, 03, a notificação do Conselho Fiscal da entidade, para que no prazo de 15 dias úteis convoque a Assembleia Geral, o que será atendido e realizado em prazo hábil, ocasião em que todos os requerimentos feitos pelo Conselho Fiscal serão atendidos.


Nunes destaca ainda que “todos os objetos das denúncias já foram devidamente analisados e inteiramente rejeitados pelo Conselho Fiscal da entidade, conforme ata registrada em cartório. O único interesse do grupo que convocou irregularmente a Assembleia, é tumultar e causar instabilidade na entidade, munidos apenas de interesses pessoais e luta insana pelo poder”.


(Assessoria - ASSEMP)


 


Veja mais notícias da região no Agência Tocantins

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
RAPIDINHAS
Postada em 17/01/2019 ás 15h53

A pergunta que se faz na capital é: quem é mesmo o governador do Tocantins?. Com o protagonismo exacerbado de Wanderlei Barbosa, Mauro Carlesse foi jogado ao ostracismo, lembrado apenas quando ocorre as  inúmeras trapalhadas do governo, onde o povo cai em cima dele com todo tipo de adjetivos, quando, na verdade, o governador de fato é Wanderlei Barbosa. Carlesse é o dono da caneta, mas só escreve o que é ditado por Wanderlei.

Keops Mota

Postada em 31/12/2018 ás 16h00

019 está chegando, e com ele vem também a incerteza de um governo que começou errado (pau que nasce torto nunca se endireita, já disse "cumpade" Washington) com tentativas de obstrução de justiça, aparelhamentos, escândalos e investigações, o que pode tirar do tocantinense a esperança de um ano feliz.

O cenário que se desenha com o governo carlesse é tenebroso, nada auspicioso. Podemos estar entrando (Deus permita que não) no pior momento de nossa história. O viés autoritário desse governo pode se elevar à níveis assustadores. Não tenha isso como um escrito de quem torce pelo pior, mas de um tocantinense preocupado com o futuro. Deus nos proteja.

Postada em 23/12/2018 ás 00h49

O Natal está chegando, e que com ele também venham a união, a paz, a alegria e o gozo de estarmos reunidos com nossa família comemorando o nascimento do maior homem da história: Cristo. Que cada pessoa  deixar brotar em seu coração a semente da paz, plantada pelo ilustre aniversariante. Boas festas. São os votos de: 

 

Keops Mota/Corespondente Agência Tocantins

Postada em 24/11/2018 ás 14h37

A coisa está ficando insustentável. Com o governo sofrendo investigações e seus aliados envolvidos em escândalos que vai de depósito ilegal de resíduos hospitalares à apologia à pedófilia, a única saída possível e honrosa diante de tanto descalabro, que só tende a aumentar, é a cassação.

Não podemos estar sob as ordens de um governo que está moralmente abaixo de nós. As denúncias de obstrução de Justiça, concessão de contrato sem licitação para uma empresa da família de um aliado que culminou em um crime ambiental e denúncia por supostos crimes eleitorais já são fatos suficientes para que não tenhamos esse governo como legítimo.

 

Keops Mota

Postada em 08/11/2018 ás 12h55

Carlesse mente

Mauro valesse queria apenas poder sobre os bois e idiotas do Tocantins.

Depois de eleito Mauro Carlesse se tornou soberbo e arrogante e recebe apenas pessoas ligadas ao agrobusiness.

Valesse não é aquele homem humilde e correto que imaginávamos,Ele é um lobo branco disfarçado de ovelha e ao que parece será bem pior que Marcelo Miranda e não vai se sustentar no poder.

Mauro Carlesse prometeu defender e respeitar os funcionários públicos perseguidos e humilhados por Marcelo Miranda,e quando chegou ao poder virou as costas para os humildes e dá ouvidos apenas a deputados que compraram votos por 500 mil.

Mauro Carlesse nada faz pela segurança falida do Tocantins e virou suas costas largas para a saúde ferida dos tocantinenses.

Mauro Carlesse ficou neutro surdo burro e mudo quanto a Bolsonaro,e agora quer ser beneficiado.Quem é Mauro Carlesse? AINDA SABEREMOS.

Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados - Agência Tocantins - Contatos: (63) 98500-8112 – Email: [email protected]