Quinta, 04 de Junho de 2020 14:24
63 98500-8112
Cidades SEM PIEDADE

Em meio a pandemia, Cinthia Ribeiro ordena desocupação de área que abrigava 28 famílias no Taquari

Famílias estão sem um lugar para morar após terem suas moradias destruídas.

18/05/2020 21h28 Atualizada há 2 semanas
15.508
Por: Redação Fonte: Redação / Agência Tocantins
As famílias retiram os móveis dos barracos para as máquinas destruírem os barracos – Foto: Perla Viviane Guimarães / Agência Tocantins
As famílias retiram os móveis dos barracos para as máquinas destruírem os barracos – Foto: Perla Viviane Guimarães / Agência Tocantins

Nesta segunda-feira (18), a Prefeitura de Palmas realizou uma ação que destruiu alojamentos ocupados por 28 famílias afetadas pela crise de desemprego causada pelo fechamento dos comércios na capital.

As famílias, que não foram comunicadas com antecedência da ação, moravam há cerca de vinte dias em barracos construídos no Setor Taquari. Vivendo apenas com a ajuda de doações e do dinheiro liberado pelo Governo por meio do Auxílio Emergencial, os moradores tiveram suas casas destruídas por retroescavadeiras enviadas pela prefeitura.

Na ocasião, as famílias tiveram tempo apenas de retirar os móveis e eletrodomésticos de dentro das moradias antes que a tragédia acontecesse; horas depois, ainda sem um lugar para morar, foram surpreendidas com uma forte chuva que estragou boa parte dos móveis.

Em vídeo, um dos moradores suplica para que a prefeita Cinthia Ribeiro não os deixe sem um teto para morar. “Neste tempo de pandemia, várias famílias aqui estão se alimentando com doações de outros moradores. Ninguém aqui possui condições de pagar por um aluguel; não temos um lugar para morar e as coisas estão ficando muito difíceis”, lamenta, afirmando que a população só possui valor para os políticos em tempo de eleição municipal.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.