Quinta, 04 de Junho de 2020 15:45
63 98500-8112
Tecnologia AGROTINS

Agrotins 2020 100% Digital servirá de teste para o agronegócio e promete se reinventar em tempos de pandemia, afirma colunista da Folha

Jornalista Mauro Zafalon falou dos desafios em realizar feiras agrotecnológicas no atual cenário e cita Agrotins como exemplo

22/05/2020 18h15
86
Por: Redação | Agência Tocantins
Foto: divulgação.
Foto: divulgação.

Atraindo a atenção do país inteiro, a Feira Agrotecnológica do Tocantins (Agrotins 2020 100% Digital) ocorrerá nos próximos dias 27, 28 e 29 de maio por meio da plataforma www.agrotins.to.gov.br. A Feira, na opinião do colunista Mauro Zafalon, será o grande teste do setor quanto à forma de se reinventar em tempos da pandemia da Covid-19.

Na coluna “Vaivém das Commodities”, assinada por Mauro Zafalon e publicada nessa quinta-feira, 21, no portal Folha de São Paulo, o jornalista cita que, em virtude da pandemia, a maior feira agrotecnológica da região Norte teve que ser cancelada na forma presencial.

“Não se intimidaram e vão fazer a primeira feira digital do país, aos moldes da tradicional, mas sem a participação física do público e das empresas. A indústria estará mostrando as suas máquinas e as novas tecnologias, as palestras ocorrerão normalmente e o produtor poderá acompanhar o resultado das pesquisas de produtos como soja, milho e arroz, entre outros, em um dia de campo. Tudo virtual”, ressalta o colunista.

Marco para o Matopiba

Ouvido pela coluna, o secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura, César Halum, reitera que o evento não poderia deixar de acontecer. “A região não poderia ficar sem essa feira agrotecnológica que se tornou um marco de novas tendências para o Matopiba [região que engloba os estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia]. Estamos em uma área privilegiada, bem no centro do país, e com fácil acesso de produtores de vários estados”, afirmou o secretário, lembrando que, em 2019, a Agrotins foi a 6ª maior feira do país em negociações, atingindo R$ 2,5 bilhões.

Na prática, a Agrotins 2020 100% Digital, o produtor terá contato com empresas e bancos via digital e fará negociações por meio do computador, tablet ou celular. “O agricultor escolhe o equipamento que necessita entre as diversas empresas que participam da feira, opta pelo mais conveniente e leva sua proposta para os bancos, que também estarão no evento. Mas tudo digital. Basta o agricultor escolher a mídia que estiver acessível para fazer negócios”, explica César Halum.

A Agrotins 2020 100% Digital inicia a partir das 8 horas do dia 27, quando o produtor terá acesso a máquinas, insumos, palestras e até passeios virtuais pela feira na internet. Nos três dias de Feira, haverá programação ao vivo das 8 às 18 horas, mas o conteúdo ficará disponível por mais 30 dias após o término do evento.

Tendência

Mauro Zafalon aposta que um dos efeitos da pandemia no agronegócio é que a tecnologia ocupará cada vez mais espaço no sistema atual de promoção de feiras agrotecnológicas.

Sobre a Agrotins 2020 100% Digital, o presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Sementes de Soja (Abrass), Luciano Vacari, disse ao colunista “Vai ser uma inovação e tem tudo para dar certo”.

Já o diretor da Tempo Comunicação & Eventos, Eduardo Buitron, disse à Coluna que as coisas vão mudar. “O barateamento de encontros online corporativos, o cumprimento de horários e o ganho de tempo dos participantes, que não precisam se submeter a viagens, vão determinar uma nova relação no agronegócio”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.