21°C 30°C
Palmas, TO

Suspeitos de fraudar contratos e desviar R$ 2 milhões de prefeitura no Tocantins são alvos de operação da PF

Operação investiga licitações da Prefeitura de Araguacema. Suspeita é de que contratações estavam sendo direcionadas para empresas ligadas aos administradores do município.

15/10/2020 às 09h38
Por: Redação Fonte: Redação | Agência Tocantins
Compartilhe:
Divulgação / Agência Tocantins
Divulgação / Agência Tocantins

Seis mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos pela Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (15) em Araguacema, na região oeste do estado. A operação foi chamada de Alcateia e tem como objetivo desarticular uma suposta organização criminosa suspeita de fraudar licitações e desviar recursos por meio de contratos públicos. O grupo teria causado um prejuízo de pelo menos R$ 2 milhões.

Os mandados foram expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região – TRF1. Cerca de 30 policiais federais participam da operação.

De acordo com informações apuradas pela reportagem, a investigação teve início após denúncias de que as licitações estariam sendo direcionadas e algumas empresas venceram várias concorrências na cidade.

A PF apura um prejuízo de aproximadamente R$ 2 milhões em recursos públicos federais. Só que também foram identificados fortes indícios de desvios em contratos financiados com recursos de outras fontes, por isso o prejuízo causado pode ser ainda maior.

Continua após a publicidade
Anúncio

A investigação apontou que o grupo criminoso atuava através do direcionamento de contratos para empresas ligadas aos administradores municipais, além de exigir pagamento de propina das demais firmas contratadas.

Segundo a polícia, algumas das licitações realmente estavam vinculadas a administração municipal e outras eram supostamente “fantasmas”. Até os próprios servidores municipais teriam sido utilizados para executar alguns contratos.

Os investigados poderão responder pelos crimes de fraude a licitação, peculato, organização criminosa, corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro. O nome da operação “Alcateia” faz referência a proximidade do núcleo investigado.

Outro lado

A Agência Tocantins tenta contato por telefone com a gestora do município prefeita Isabela Simas (MDB) para falar sobre o assunto, porém até a publicação dessa reportagem, as nossas ligações não haviam sido atendidas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sem foto
Sobre o município
Notícias de Araguacema - TO
Ver notícias
Palmas, TO
29°
Parcialmente nublado

Mín. 21° Máx. 30°

32° Sensação
2.06km/h Vento
66% Umidade
91% (10.7mm) Chance de chuva
06h16 Nascer do sol
06h37 Pôr do sol
Dom 32° 21°
Seg 31° 22°
Ter 32° 22°
Qua 28° 22°
Qui 31° 22°
Atualizado às 19h13
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,00 0,00%
Euro
R$ 5,41 +0,13%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,59%
Bitcoin
R$ 272,448,21 +0,84%
Ibovespa
129,418,73 pts -0.63%
Publicidade