Monday, 16 de May de 2022
30°

Alguma nebulosidade

Palmas - TO

Polícia MORTO EM CONFRONTO

Homem com mandado de prisão em aberto morre durante confronto com a Força Tática em Gurupi

Segundo a Polícia Militar, os militares da Força Tática realizavam patrulhamento de rotina pela região, momentos que um indivíduo que trafegava em uma motocicleta sacou uma arma de fogo e efetuou disparos contra a viatura policial.

16/01/2022 às 13h10
Por: Alessandro Ferreira Fonte: Redação | Agência Tocantins
Compartilhe:
Homem com mandado de prisão em aberto morre durante confronto com a Força Tática em Gurupi — Foto: Divulgação/Polícia Militar
Homem com mandado de prisão em aberto morre durante confronto com a Força Tática em Gurupi — Foto: Divulgação/Polícia Militar

Um homem de 22 anos com uma extensa ficha criminal morreu na tarde deste sábado (15) durante um confronto com policiais militares da Força Tática, lotados no 4º BPM em Gurupi, na região sul do Tocantins. De acordo com informações apuradas pela reportagem da Agência Tocantins, a ação foi registrada na Avenida Goiás no setor Industrial por volta das 14h.

Com o criminoso, foi encontrada uma arma de fogo do tipo pistola com dez munições intactas e uma deflagrada. A arma e as munições foram apreendida e em seguida apresentada na delegacia da Polícia Civil.  

Segundo a Polícia Militar, os militares da Força Tática comandados pelo Tenente Coronel Wesley Dias Costa (W. Costa) comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar, realizavam patrulhamento de rotina pela região, momentos que um indivíduo que trafegava em uma motocicleta sacou uma arma de fogo e efetuou disparos contra a viatura policial.

Com a ação do criminoso que não teve o nome divulgado, os policias reagiram a injusta agressão e o homem foi alvejado. Os militares de imediato acionaram uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU para socorrer o suspeito, porém, ao chegar no local ele já avia evoluído a óbito.

A perícia da Polícia Técnica Cientifica esteve no local e realizou os procedimentos periciais e posteriormente o corpo foi levado para a sede do Instituto Médico Legal – IML pelo rabecão da Polícia Civil.

Arma de fogo e munições foram apreendidas — Foto: Divulgação/Polícia Militar
Arma de fogo e munições foram apreendidas — Foto: Divulgação/Polícia Militar

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.