Monday, 16 de May de 2022
28°

Alguma nebulosidade

Palmas - TO

Polícia ONDE ESTÁ THALIA

Familiares seguem sem saber do paradeiro de jovem paraense que desapareceu em Guaraí há mais de 30 dias

Os familiares ainda acreditam que encontrarão Thalia com vida, porém, estão aguardando os trabalhos da Polícia Civil do Tocantins na elucidação do caso.

19/01/2022 às 23h50
Por: Alessandro Ferreira Fonte: Redação | Agência Tocantins
Compartilhe:
Thália de Lima Costa, 24 anos, está desaparecida desde o dia 11 de dezembro do ano passado em Guaraí - Foto: Perfil / Redes Sociais
Thália de Lima Costa, 24 anos, está desaparecida desde o dia 11 de dezembro do ano passado em Guaraí - Foto: Perfil / Redes Sociais

Familiares de Thália de Lima Costa, 24 anos, moradora da cidade de Santo Antônio do Tauá, na região metropolitana de Belém (PA), seguem angustiados, pois não sabem o que aconteceu com a jovem, que estava há alguns meses morando e trabalhando em uma casa noturna em Guaraí, na região Centro-Norte do estado do Tocantins e desapareceu na manhã do último dia 11 de dezembro do ano passado, após avisar a sua mãe por telefone, que iria se encontrar com uma pessoa que ela havia acabado de conhecer.

Rosineide, que é tia de Thália, conta que já esteve em Guaraí e acompanha de perto as os trabalhos da Polícia Civil que estão sendo realizadas pela 5ª Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado – 5ª DEIC. “Ela nunca ficou um dia sem conversar com a mãe. Minha irmã não tem se quer forças, só chora. Vivemos essa angústia diária, sem saber se minha sobrinha está viva ou morta”, explicou.

Informações extraoficiais, apuradas pela reportagem da Agência Tocantins, dão conta de que as investigações da Polícia Civil para descobrir o paradeiro da jovem estão bem adiantadas, porém, até o momento a Secretaria da Segurança Pública inda não se manifestou oficialmente sobre o caso que segue sendo investigado pela equipe do delegado Adriano Carrasco, titular da 5ª Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado – 5ª DEIC de Guaraí.

Nesta terça-feira, 18, o deputado federal Célio Moura (PT), enviou dois ofícios pedindo empenho e celeridade nas investigações sobre o desaparecimento da jovem paraense ao Secretário da Segurança Pública – SSP/TO, Drº Wlademir Costa e para o Comandante-Geral da Polícia Militar do Tocantins, Coronel Júlio Manuel Silva Neto.

Os ofícios, encaminhados em caráter de urgência pelo parlamentar solicitam que as forças policiais do Tocantins realizem providências e diligências imediatas, unindo todos os esforços necessários para a elucidação do desaparecimento de Thalia e que, devido à distância, mantenham contato com os familiares da jovem informando sobre as apurações. O parlamentar solicita ainda que o caso seja destacado na imprensa para que as informações adicionais possam ajudar na investigação, após serem devidamente apuradas.

Os familiares ainda acreditam que encontrarão Thalia com vida, porém, estão aguardando os trabalhos da Polícia Civil do Tocantins na elucidação do caso para que possam reencontrar a jovem e acabar com essa angustia que está prestes a completar dois meses.

Como ajudar

Os familiares fazem um apelo para que as pessoas repassem qualquer informação que possa ajudar a Polícia Civil a elucidar o caso. A denúncia anônima pode ser feita entrando em contato com a Polícia Civil de Guaraí através dos números (63) 3464-1418. Ou direcionadas para a Central 190 da Polícia Militar (PM) ou no (63) 3464-1190.

A Agência Tocantins segue acompanhando o caso.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.